Pênis “meia bomba”… O que fazer?

BLOG OMENS / Ereção
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

28 de fevereiro 2021

Se você estiver preocupado com uma ereção parcial (“meia bomba”), procure um médico. Mas não se assuste: precisamos levar em consideração também que só chamamos de disfunção erétil caso o problema persista por mais de 3 meses.

Antes de mais nada, tenha cuidado com os seus hábitos: cuide da sua alimentação, pratique regularmente esportes e/ou atividades físicas, mantenha as fontes de estresse ou ansiedade o mais longe possível.

Por fim, se necessário, procure o atendimento de um médico especialista. Às vezes, o uso de medicamentos para ereção por um curto período de tempo e em baixas doses pode melhorar a qualidade das ereções e a vida sexual por muito tempo.

59% dos brasileiros já tiveram algum problema de ereção

Problemas de ereção são o principal motivo para se consultar um urologista.

Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia revelou que 59% dos homens já tiveram um problema de ereção pelo menos uma vez na vida, incluindo casos de ereção parcial (chamada popularmente de “meia bomba”).

Mas a partir de que momento uma ereção parcial pode ser um indicativo de disfunção erétil?

Meia bomba: podemos dizer que é disfunção erétil?

Existem critérios científicos internacionais validados a partir de questionários que definem quem tem ou não disfunção erétil. No entanto, a pergunta mais importante que o paciente deve se fazer é: minha ereção é suficiente para ter relações sexuais que considero prazerosas?

Mesmo assim, nem todos os homens terão os mesmos critérios de avaliação e satisfação. É realmente a sua percepção, portanto, que um médico tentará compreender.

Assim, em termos médicos, para falarmos em disfunção erétil, o problema deve persistir por pelo menos 3 meses.

Isso não significa que não devemos levar a sério os sintomas mais leves: ter repetidas ereções parciais, mesmo que de forma espaçada, pode entrar na definição de disfunção erétil.

Assim que esse problema estiver presente há mais de 3 meses, atrapalhando a sua vida e a sua sexualidade, aconselhamos que você consulte online um urologista.

Como funciona uma ereção? [Vídeo]

Nesse vídeo, nosso médico Dr. João Brunhara explica um pouco sobre como funciona a ereção, para que ela serve, e até mesmo como avaliar sua função sexual, para saber se você tem ou não uma disfunção sexual (disfunção erétil) e se é o caso de procurar um urologista especializado em sexualidade.

O que causa um pênis meia bomba?

Devemos levar em conta diversos critérios: acontece de forma regular ou em certas situações? O problema persiste desde quando? A relação sexual é possível?

O diagnóstico pode ser subjetivo no início, mas essas são as perguntas que você deve fazer a si mesmo. Por exemplo, se você tem uma ereção parcial sempre depois de consumir bebidas alcóolicas, parece que o problema é mais a bebida… Portanto, leve em conta tudo o que possa interferir razoavelmente na sua ereção: questões psicológicas, médicas (doenças crônicas, diabetes, sobrepeso, etc.), estilo de vida, tabagismo, etc.

A idade também é um fator natural que pode vir a aumentar as disfunções sexuais  — mas não é só isso. Um homem de 50 anos que se manteve saudável em seus hábitos (prática regular de esportes, alimentação, não fumou, consumo moderado de álcool,…) tem mais probabilidade de ter boas ereções do que um homem de 20 anos que está acima do peso, não faz exercícios físicos, fuma, sofre com problemas de stress, ansiedade ou depressão, etc.

Por isso, ter uma ereção parcial de vez em quando não é necessariamente um problema. Mas, talvez, ela pode ser um indicador de que você precisa mudar algo nos seus hábitos.

Um médico urologista pode ajudar você a entender essa queda na qualidade da ereção.

CONSULTAR UM

UROLOGISTA ONLINE

Por que esperar para resolver algo que tem solução?

CONSULTAR UM UROLOGISTA ONLINE

Por que esperar para resolver algo que tem solução?

Cuide das suas artérias para evitar a “meia bomba”

Comece evitando qualquer coisa que possa prejudicar as suas artérias!

Em primeiro lugar, a alimentação: evite uma dieta muito gordurosa ou muito doce, pratique esportes com frequência, evite beber muito álcool (os efeitos a longo prazo são sempre negativos)…

Em resumo, repare qualquer coisa que possa prejudicar fisicamente a sua ereção. Claro, nem sempre isso é o suficiente. Se a qualidade da sua ereção caiu como resultado de um problema de saúde (diabetes, doenças cardiovasculares, etc.), você deve consultar um médico.

Se você é jovem, é possível que existam fatores psicológicos envolvidos, que devem ser tratados. De maneira geral, principalmente quando se trata de homens jovens, recomenda-se tratar as causas da disfunção erétil antes de se considerar medicamentos. Mas os dois podem ser combinados para tranquilizar o paciente.

De qualquer forma, se houve uma queda na qualidade da sua ereção, trazendo dificuldade ou angústia, uma consulta médica é necessária.

Meia bomba: é possível melhorar a ereção naturalmente?

Em primeiro lugar, e não cansamos de repetir: estilo de vida, alimentação e outros hábitos saudáveis podem melhorar não só a sua ereção, mas também seu bem-estar como um todo!

Se você possui ereções parciais, isso também pode acontecer devido a uma falta de libido ou de problemas no casal.

Se essa queda na libido não possuir uma causa direta, deve-se considerar outras causas possíveis. Por exemplo: interações medicamentosas, causas fisiológicas ou um acontecimento inesperado (morte de um familiar, de um ente querido, etc.).

Muitos fatores podem influenciar a libido e, consequentemente, a ereção. Sabemos também que o estresse e a ansiedade raramente contribuem para a nossa sexualidade, mesmo que algumas pessoas consigam liberar suas tensões através do sexo.

Além disso, podemos dar algumas dicas de técnicas para conseguir uma ereção melhor ou para mantê-la.

Utilizar um anel peniano (cock ring)

Se sua ereção é boa no início da relação sexual mas depois costuma perder força, você pode tentar fazer uso de um anel peniano. Você deve usá-lo na base do pênis no início da ereção: isso irá bloquear a fuga de sangue pelas veias no membro e permitir uma ereção melhor.

Mas tome cuidado para não usar por muito tempo! O tempo máximo recomendado é de 20 minutos.

Planejar o uso do preservativo

Para muitos homens, a hora de colocar a camisinha é um momento delicado, já que vários acabam perdendo a ereção. Há diversas técnicas que podem ajudar você nesse sentido, por exemplo:

  • abra o preservativo com um pouco de antecedência para que você não perca tempo;
  • mantenha a camisinha por perto;
  • coloque-a no início da relação, não só antes da penetração;
  • peça à(o) parceira(o) para colocar o preservativo para você.

Se isso acontece com você, saiba que abordamos essa questão com detalhes neste artigo.

Fortalecendo os músculos pélvicos

É verdade: fortalecer o períneo também pode ser importante para a sua sexualidade! Além de ajudar a controlar melhor a chegada da ejaculação, esses músculos também ajudam na conservação da ereção.

Para trabalhar esses músculos, os exercícios de Kegel proporcionam bons resultados.

Por que procurar um urologista se você tem disfunção erétil? [Vídeo]

Entenda a disfunção erétil, causas e tratamentos. Saiba o que pode ser feito quando você passar por essa situação e por que procurar um médico urologista é a melhor opção para tratar problemas de ereção.

Posso usar remédios se tenho ereção parcial?

É bastante possível usar medicamentos para disfunção erétil (como Viagra ou Cialis) a fim de recuperar uma ereção satisfatória, até que se conheça a causa exata da condição.

É importante saber que a prescrição de remédios para a ereção pode melhorar a vida sexual, tirando assim uma carga psicológica do paciente. A longo prazo, seu uso pode não ser mais necessário.

Já que a ereção varia dependendo de cada homem, e como essa avaliação é subjetiva, você pode conversar sobre isso com um médico urologista, a fim de encontrar a solução que melhor se encaixa ao seu caso.

Em resumo, esses medicamentos melhoram as ereções durante o tempo necessário para encontrarmos uma causa psicológica e/ou fisiológica. Em todo caso, eles ajudam a tranquilizar o paciente e a evitar problemas psicológicos adicionais.

Consulte um urologista para melhorar a sua ereção

Bem, agora você tem algumas ideias sobre como melhorar a qualidade das suas ereções! Além disso, você entende porque a “meia bomba” não é necessariamente um indicativo de disfunção erétil.

A ereção funciona de forma complexa e há vários fatores que podem interferir nela. Tratar os problemas, os aspectos negativos da nossa vida às vezes é o suficiente para recuperar uma ereção satisfatória. Mas se esse problema persistir e incomodar você por muitos meses, consulte um médico especialista para encontrar as melhores soluções.

Medicamentos, exercícios, psicoterapia… Dentre as condições sexuais, a disfunção erétil é uma das que mais possui possibilidades de tratamento.

Consulte um médico especializado em sexologia na Omens

Omens.com.br é uma plataforma de saúde dedicada ao homem. Ela reúne urologistas, sexólogos e farmacêuticos para construir uma solução de qualidade, segura e acessível a todos.

A plataforma permite que você se consulte online com médicos especializados em sexologia. A consulta online pode ser feita por mensagem, telefone ou videochamada, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico especializado em sexualidade, que trata de distúrbios relacionados ao sexo diariamente.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta dentro de 24 horas (a espera média para uma consulta com um urologista especializado em sexologia no Brasil é de vários meses).
  • Peça pela internet os medicamentos necessários ao tratamento e eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia perto de você.
  • Evite o desconforto na sala de espera de um consultório ou na farmácia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *