4 dicas rápidas: técnicas para ejaculação precoce

coco com leite de coco dentro com aparência de ejaculação
BLOG OMENS / Ejaculação precoce
logo da Omens
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

23 de novembro 2021

A ejaculação precoce é um dos distúrbios sexuais mais comuns nos homens. Afinal, ela afeta até 39% da população masculina em algum momento de suas vidas. Por isso, a Omens separou algumas técnicas que podem te ajudar com a ejaculação precoce.

Mas, se mesmo assim você não sentir resultados, nem tudo está perdido: é possível tratar o problema com medicamentos e com a orientação de um urologista especializado no assunto.

Ejaculação Precoce: definição e lembretes

É definida como uma ejaculação que acontece de forma prematura, com o mínimo de estimulação e com certa recorrência. É possível ocorrer antes, durante ou logo após a penetração; e acima de tudo: antes que a pessoa queira ejacular.

Em outras palavras, a ejaculação precoce ocorre quando se ejacula muito cedo durante o sexo. Não há um período de tempo específico que defina a ejaculação como “precoce”. Assim, ela pode ocorrer tanto após 30 segundos como em quatro minutos.

Além disso, a ejaculação precoce pode ocorrer por diversas razões, que vão de causas psicológicas a questões físicas.

Todos têm expectativas diferentes em relação ao sexo. Mesmo com a ajuda de estatísticas sobre o desempenho sexual masculino, a ejaculação precoce ainda não é um problema fácil de definir.

Em média, durante o ato sexual, um homem leva cerca de cinco minutos e meio para ejacular. Assim, a ejaculação precoce é definida como uma ejaculação que ocorre “antes do que a pessoa queria”. Por isso, a percepção sobre o problema pode variar significativamente entre diferentes indivíduos e casais.

Como evitar a ejaculação precoce? [Omenscast #1]

No primeiro episódio do Omenscast, o médico e urologista João Brunhara, especialista em sexualidade masculina, discute a Ejaculação Precoce e seus possíveis tratamentos e prevenções. A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

É importante lembrar que, numa relação a dois, o objetivo é fazer com que ambos tenham prazer, assim como as preferências dependem das pessoas envolvidas. O que cada um gosta, por exemplo, pode variar em relação a posições, velocidade, duração, carícias, sexo oral, etc. Sendo assim, o diálogo entre o casal pode ajudar muito a adequar expectativas e chegar a um resultado prazeroso para os dois.

Técnicas contra a ejaculação precoce

Aqui estão algumas técnicas que você pode testar, para conseguir aumentar a duração da relação sexual:

1. Estratégia “Stop-Start”

Esta você pode praticar com seu parceiro ou sozinho. Quando você sentir que está se aproximando do orgasmo e da ejaculação, interrompa o que está te estimulando e faça uma pausa. Volte ao ato, então, quando se sentir mais confiante em sua capacidade de controlar a ejaculação. Essa técnica é apenas um primeiro treinamento contra a ejaculação precoce, portanto ela não resolve completamente o problema e pode deixar a relação menos prazerosa.

2. Técnica da “pressão” (durante o sexo)

Quanto estiver próximo de ejacular, para evitar que isso aconteça, aperte com a mão a junção entre a glande e o corpo do pênis. Recomenda-se apertar o membro por cerca de 30 segundos a fim de interromper a ejaculação. Usando essa técnica, você pode retardar o orgasmo várias vezes, possibilitando que as relações sexuais sejam mais longas.

3. Evite alguns estímulos

Evitar ser estimulado com sexo oral antes da penetração e tentar trocar de posições algumas vezes durante o sexo pode ajudar. Entre as pausas, seu nível de estimulação vai diminuir e permitir uma maior duração do ato.

4. Masturbação antes do sexo

Às vezes, a maneira mais fácil de aumentar seu tempo de ejaculação é simplesmente se masturbar um pouco antes do sexo. A ideia por trás dessa técnica é que, durante o período refratário (a fase de recuperação que ocorre após o orgasmo), a maioria dos homens não conseguem ejacular novamente. Como resultado, tem-se um tempo maior até se atingir o orgasmo e parceiros mais satisfeitos com o sexo.

Conclusão: existem outras soluções para a ejaculação precoce?

Sim! Hoje em dia, há muitos tratamentos (incluindo remédios e técnicas) projetados para ajudar você a controlar a ejaculação precoce. Além disso, os medicamentos podem auxiliar o seu parceiro a controlar melhor a estimulação sexual que o faz ejacular.

Assim, os médicos podem recomendar cremes e géis projetados para reduzir a sensibilidade local: aqui nesse artigo fizemos um apanhado sobre todos os medicamentos para a ejaculação precoce.

A ejaculação precoce pode originar experiências estressantes e difíceis, especialmente quando acontecem de forma inesperada. Mas saiba que ela é uma condição muito comum, que pode ser tratada facilmente.

Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *