“Viagra natural”, gengibre e os afrodisíacos masculinos

O viagra natural não existe, mas há certos alimentos que podem ajudar a ereção
BLOG OMENS / Outros produtos
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

12 de outubro 2021

Isto não é segredo para ninguém: problemas com ereção podem ser uma verdadeira fonte de sofrimento para os homens. Embora essa patologia seja muito comum, ela ainda hoje é tabu, a tal ponto que a maioria dos homens não têm coragem de falar sobre isso com seu médico. Vários saem, então, à procura de um “viagra natural” que resolva seus problemas.

Esse desconforto relacionado à disfunção genital masculina impede que milhões de pessoas tenham uma vida sexual feliz, isso porque não consultam um médico. 

Às vezes as consequências são ainda mais graves, já que um homem com uma disfunção erétil não tratada tende frequentemente a perder a autoconfiança, o que impacta diretamente o seu cotidiano. 

Queremos abordar esse assunto, porque muitos homens, envergonhados de seus problemas de saúde, recorrem às chamadas soluções “naturais” para evitar falar sobre o que está acontecendo com um médico.

Por isso, vamos estudar neste artigo as ditas “soluções naturais milagrosas“ e ver se elas são isso tudo mesmo!

Afrodisíaco: definição

A disfunção erétil é uma assunto bastante presente na área médica, logo precisamos ser claros sobre os termos que usaremos ao longo deste artigo.

O mais importante deles é o termo “afrodisíaco”. Essa palavra ressurgirá regularmente no decorrer da sua leitura, por isso é importante definirmos o que é isso. A definição de afrodisíaco é:  “que desperta desejo sexual”. 

Essa definição é particularmente importante. Ela enfatiza a diferença fundamental entre uma substância que excita a pessoa e uma substância que facilita a ereção

Realmente muitos medicamentos que tratam problemas de ereção não possuem propriedades afrodisíacas. Eles simplesmente agem como um facilitador da ereção, dilatando os vasos sanguíneos do pênis.

Conheça o Tribulus terrestris [Omenscast #21]

No nosso 21º episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai apresentar a realidade sobre o Tribulus terrestris: o que as pesquisas científicas falam sobre a substância? A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

Afrodisíacos Naturais: mitos e verdades

A primeira coisa que você precisa saber sobre os afrodisíacos é que, desde o início dos tempos, os homens têm procurado uma forma natural de aumentar o próprio desejo sexual. 

Por exemplo: estudos mostraram que, desde os tempos do antigo Egito, os homens pensavam ter encontrado receitas capazes de aumentar significativamente seu desejo sexual (isso há mais de 3500 anos!).

Muitos exemplos como esse existem ao longo da história. Provavelmente o caso mais conhecido é o dos bordéis durante o reinado de Elizabeth II. Naquela época, as ameixas eram distribuídas alegremente nos prostíbulos, para estimular ao máximo os clientes.

No entanto, sabemos realmente se essas “curas milagrosas” funcionam? Não parecem ser aquilo que chamamos de “efeito placebo”? 

O que é um placebo?

Para aqueles que não sabem o que é isso, o efeito placebo se refere simplesmente à ação de persuadir o seu cérebro de algo para que seu corpo aja de acordo. Por exemplo, comprovaram que distribuir balas de menta no lugar do paracetamol, fazendo elas se passarem pelo remédio, cura as dores de cabeça. 

A resposta a essa famosa questão é realmente muito simples. Contamos, para assegurar o que estamos dizendo, com os escritos do professor Kurt Hostettmann. Kurt afirma que 99% dos chamados afrodisíacos naturais são na verdade placebos. Acontece que a maioria dos alimentos que considerados afrodisíacos naturais tem uma forma ou origem que estimula nossa imaginação. 

Por exemplo, o chifre do rinoceronte ou o pênis do tigre foram (ou ainda são) considerados estimulantes sexuais, pois as pessoas que consumiram essas partes estavam excitadas pela forma sugestiva delas. 

Na realidade, são pouquíssimos os produtos naturais afrodisíacos. Quase todos os alimentos chamados afrodisíacos afetam as pessoas que os comem graças (somente) ao efeito placebo.

Tratamento natural: melhore a libido com medicamentos fitoterápicos!

Muitos médicos recomendam a combinação de Tribulus terrestris para estimular a libido com Tadalafil para fortalecer a ereção: o medicamento está disponível sob manipulação.

Agendar Teleconsulta

Consulte agora mesmo, pela internet ou pelo celular (a partir de R$ 69), um urologista especialista em saúde sexual masculina e encomende o seu tratamento nas farmácias de manipulação parceiras da Omens!

Quais são os poucos produtos naturais que agem sobre a ereção?

No entanto, é verdade que há alguns raros produtos naturais que influenciam a ereção masculina. Mas atenção: não estamos falando aqui de alimentos afrodisíacos, mas de alimentos que facilitam a ereção. Convidamos você a voltar à primeira parte do nosso artigo para entender completamente a diferença entre esses dois efeitos.

Dentre esses alimentos estão: a mosca espanhola e a Ioimbina, produto presente em uma casca de árvore africana. Porém, a natureza perigosa desses dois produtos nos leva a fortemente desaconselhar você a consumi-los.

É importante saber que a ingestão da mosca espanhola (em pó) causa forte irritação ao órgão genital. Quanto à Ioimbina, a dosagem deve ser muito precisa. Se você errar na quantidade, pode ter tremores, náuseas e problemas cardíacos…

E tudo isso para um efeito que carece de comprovação científica, já que, nos melhores resultados de estudos controlados, a substância apresentou apenas uma discreta melhora na função erétil.

Poderíamos também mencionar outros ingredientes energizantes, como o gengibre ou o ginseng, que podem talvez garantir um apetite sexual maior. Mesmo assim, a evidência científica disso é limitada e muitas vezes duvidosa.

Os afrodisíacos masculinos são naturais?

Como vimos na introdução deste artigo, há um debate eterno sobre os afrodisíacos para homens.

Se você consumir esses ingredientes em sua forma vegetal original, não processada (a raiz de maca peruana, Tribulus terrestris, folha de gengibre, raiz de ginseng), eles são certamente afrodisíacos naturais. No entanto, assim que são processados ou combinados com outros ingredientes, é muito difícil identificar cada uma das substâncias da sua composição.

Para os afrodisíacos de origem animal, tanto sua origem ilegal quanto seus supostos efeitos são altamente questionáveis. Portanto, aconselhamos você a evitar esses produtos. 

Como você poderá ver, os afrodisíacos para homens estão longe de ser uma solução garantida para estimular sua libido, e muito menos de resolver problemas de ereção.

Como melhorar naturalmente a ereção? [Vídeo]

Muitos homens se queixam da sua ereção: uns querem uma ereção mais forte, outros não conseguem solucionar um problema de disfunção erétil. Surgem as perguntas: em caso de ereção fraca o que fazer? Como manter a ereção por muito tempo? Tem como melhorar a ereção masculina naturalmente? Para casos de disfunção erétil, existe tratamento natural? Atividade física, bom sono e alimentação saudável ajudam? Venha entender.

Nesse vídeo, o Dr. João Brunhara responde e explica tudo sobre essas questões.

Viagra natural: cura milagrosa ou enganação?

Sabemos que muitos homens passam a procurar um “viagra natural” quando passam por problemas de ereção, isso antes de irem atrás das soluções médicas. Mas será que o viagra natural realmente existe? É uma verdadeira alternativa ao Viagra clássico?

Tentaremos responder a todas essas perguntas nesta segunda parte do post. 

Viagra natural para homens 

Então a pergunta que você provavelmente está se fazendo enquanto lê isto é: “Os tratamentos naturais funcionam?” Infelizmente, a resposta a essa pergunta não é tão clara quanto poderíamos esperar. A verdade é que as alternativas naturais ao Viagra não são milagrosas e passam longe disso.

Embora existam produtos 100% naturais, como a Ioimbina, que teriam o potencial de atuar sobre a disfunção erétil, seus efeitos não foram comprovados cientificamente, assim como sua eficácia e segurança também não. Além disso, devemos distinguir dois tipos de pessoas que consomem esses produtos: 

  • Homens que sofrem de uma patologia que os impede de ter uma vida sexual satisfatória: são as pessoas que mais precisam de tratamento médico, já que os produtos naturais terão pouco ou nenhum efeito.
  • Os problemas da pessoa tem raízes em questões puramente psicológicas: nesse caso, os produtos naturais com seu “efeito placebo” poderiam causar o efeito desejado, mas nada é garantido.

O “viagra natural” é forte? 

Não há nenhum alimento natural que reproduza o efeito do Viagra nem o de nenhum outro medicamento contra a disfunção erétil. Lembrando que este último garante a segurança do paciente, caso a dosagem e os conselhos médicos forem seguidos. Portanto, a primeira coisa a se considerar numa discussão sobre a potência do viagra natural (como a Ioimbina) são essas características. 

A solução mais simples e recomendada é chamar um especialista, como um médico qualificado na área de sexualidade. Você pode, por exemplo, consultar online, de forma simples, um médico urologista da plataforma Omens.com.br em menos de 24 horas.

Mas, como dissemos anteriormente, devemos ter em mente que o viagra natural não é um tratamento recomendado por profissionais de saúde.

Maior praticidade: tadalafil (Cialis) em SPRAY

Os médicos recomendam o Spray Tadalafil para quem quer um tratamento mais prático: o corpo absorve o medicamento rapidamente, tornando possível uma ereção forte em 15 minutos.

Agendar Teleconsulta

Consulte agora mesmo, pela internet ou pelo celular (a partir de R$ 69), um urologista especialista em saúde sexual masculina e encomende o seu tratamento nas farmácias de manipulação parceiras da Omens!

O viagra natural africano funciona? 

A África tem um “viagra natural” que atrai a curiosidade do público: a Ioimbina.

Essa casca, encontrada apenas no continente africano, é hoje considerada o ancestral natural do viagra que conhecemos. Hoje em dia ela é relativamente fácil de se achar, pois agora é possível encontrá-la em forma de cápsulas.

Se você deseja experimentar a Ioimbina, é importante respeitar rigorosamente a dosagem recomendada. Se você não seguir o proposto e ingerir doses muito altas, você pode experimentar efeitos colaterais bem sérios (como problemas cardíacos, por exemplo).

Podemos apenas pedir cautela ao consumir esse “viagra natural”. Embora seja poderoso, pode lhe causar muitos problemas se for mal administrado. Além disso, os estudos mostraram que o efeito da Ioimbina no desejo sexual em humanos não é comprovável, enquanto seu efeito na ereção é modesto e muito fraco quando comparado ao Viagra.

Por isso, recomendamos que você consulte um médico urologista, que será a pessoa mais competente para lhe ajudar com sua disfunção erétil.

Dá para obter efeitos rápidos com o viagra natural? 

O viagra natural não é uma solução viável se você deseja obter resultados duradouros para tratar a sua ereção.

Esteja ciente de que os médicos recomendam tomar o Viagra clássico de uma hora a uma hora e meia antes da relação sexual. Portanto, não fique esperando que tomar um viagra natural cinco minutos ou uma hora antes do sexo vai ser suficiente.

Na realidade, para que os afrodisíacos tenham uma chance de fazer efeito, será necessário integrá-los o máximo possível ao seu dia a dia. Aconselhamos, por exemplo, que você consuma gengibre regularmente se quiser que ele tenha uma pequena chance de impactar a sua vida sexual. 

Entretanto, se você decidir pela casca de árvore africana (a Ioimbina, que mencionamos anteriormente), nosso único conselho é respeitar exatamente a dosagem correta e buscar aconselhamento médico antes de consumi-la.

Em outras palavras, não é possível obter efeitos imediatos com o uso do viagra natural. 

Outros alimentos e produtos afrodisíacos: mitos e verdades

Veremos aqui uma lista com alguns dos alimentos que supostamente teriam efeitos afrodisíacos. 

Outros alimentos afrodisíacos 

Gengibre 

O primeiro alimento que gostaríamos de apresentar a você hoje não poderia ser outro se não o gengibre. O gengibre tem efeitos afrodisíacos por diversas razões:

  • Em primeiro lugar, o gengibre tem um leve efeito “vasodilatador”. Isso quer dizer que ele vai dilatar os vasos sanguíneos da região genital, permitindo uma circulação melhor do sangue e, portanto, uma ereção melhor
  • Em segundo lugar, e mais importante, o gengibre tem uma reputação que irá funcionar a seu favor. Na verdade, as propriedades afrodisíacas dessa planta são tão populares que ela guardará muito do famoso efeito placebo que mencionamos anteriormente.

Cravo-da-índia 

Gostaríamos também de falar com você sobre um alimento pouco conhecido: o cravo-da-índia. Muitos utilizam os cravos desde os primórdios para tratar os problemas sexuais masculinos.

Entretanto, até agora, seus efeitos nunca foram comprovados. O cravo supostamente melhora a qualidade das relações sexuais. Ele também seria capaz de reduzir o tempo entre a ejaculação do homem e a sua próxima ereção.

Ginseng

O terceiro alimento que gostaríamos de apresentar a você hoje é o ginseng. O ginseng é usado há milhares de anos para combater a fadiga, o que, por sua vez, pode melhorar o seu desempenho sexual.

É importante saber que o ginseng contém zinco, mineral essencial para se sentir em forma e de bom humor, dois componentes essenciais da libido.

Alguns estudos sugeriram que o ginseng coreano pode ter efeitos positivos sobre a libido e a ereção. No entanto, as evidências são fracas e os efeitos modestos se compararmos aos fármacos regulares.

O atendimento personalizado de um urologista pode te ajudar!

Teleconsultas (por chat, vídeo ou celular) com médicos especialistas em saúde sexual masculina: a partir de R$ 69.

Prescrição médica e entrega a domicílio de medicamentos e tratamentos manipulados.

Agendar Teleconsulta

e receber tratamento médico!

Plantas afrodisíacas 

Há muitas plantas que possuem propriedades afrodisíacas, embora sua eficácia seja relativa.

O Ginkgo Biloba, por exemplo, é uma árvore que tem sido amplamente utilizada na medicina tradicional por milhares de anos. Porém, o consumo desse produto pode predispor a sangramentos, tendo consequências catastróficas no caso de um paciente submetido a cirurgia que não informou ao seu médico que estava tomando Ginkgo Biloba. Por isso, lembre-se: produtos naturais não são isentos de efeitos colaterais graves!

Da mesma forma, o alho pode supostamente, segundo conhecimento popular mas não científico, apresentar efeitos sobre as suas habilidades sexuais. Iss porque dizem que ele ajuda a dilatar os vasos sanguíneos da área genital, podendo facilitar a ereção. 

Óleos essenciais afrodisíacos

Aqui apresentaremos três deles, todos com o objetivo de aumentar seu desejo sexual. 

  1. O primeiro óleo que gostaríamos de destacar é o óleo de ylang-ylang. Ele apresenta efeitos ao mesmo tempo revigorantes e relaxantes.
  2. O segundo óleo essencial é talvez a principal referência da categoria: o óleo essencial de gengibre. Não há necessidade de explicarmos os seus efeitos para você aqui, pois já falamos deles anteriormente.
  3. Óleo essencial de canela: esse óleo à base de canela vem diretamente da China, onde se utiliza bastante a substância.

Acabamos de fazer para você um panorama de soluções naturais para tratar a libido baixa e problemas de ereção. Como já explicamos, devido à falta de provas científicas, esses afrodisíacos não são soluções confiáveis e duradouras.

É preferível, portanto, consultar um médico que poderá lhe fornecer soluções adaptadas aos seus problemas. Atualmente é muito simples fazer isso: basta ir a uma consulta online na Omens.com.br. Você pode escolher entre telefone, chat ou chamada de vídeo: converse com um urologista especializado no tratamento de distúrbios eréteis e sexuais.


Outras leituras

Consulte um médico especializado em sexualidade na Omens

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada ao homem. Ela reúne médicos urologistas e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

A plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade. A consulta online pode ser feita por mensagens, pelo celular ou por videochamada, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista
  • Agende uma consulta para o dia seguinte! (no Brasil, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial sobre problemas sexuais com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

COMENTÁRIOS SOBRE ““Viagra natural”, gengibre e os afrodisíacos masculinos

  1. Mário Tavares says:

    Gostei de informação sobre plantas para combater problemas sexuais muito obrigado que deus vós protejam. Opôs! Já reparei quando faço sala de alfaces ponho gingibre alho limão em vez de vinagre de sidra sal imalayo e azeite virgem puro com acidez natural sinto reação de efeito no meu pênis inchado com muita ereção então o efeito desses temperos vem de isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *