Prostatite: o que é isso, afinal?

uma macadâmia grande, talvez de um tamanho próximo ao de uma próstata
BLOG OMENS / Sexualidade
logo da Omens
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

20 de junho 2022

A prostatite vai atingir até 50% dos homens em algum momento da vida. Mesmo assim, poucos deles sabem do que se trata essa condição, quais os seus sintomas e como agir para resolver o problema. Por isso, é muito importante conhecer mais sobre a prostatite para poder tratá-la.

A Omens preparou para você um artigo completo sobre essa condição tão comum. Venha entender o que é a prostatite, quais os sintomas e as formas da doença e os tratamentos existentes para ela. 

O que é prostatite: crônica e bacteriana

Antes de entrarmos no assunto da prostatite, precisamos falar sobre a próstata. Ela nada mais é do que uma glândula pequena, responsável pela produção do líquido seminal. A prostatite, portanto, caracteriza o inchaço e inflamação dessa glândula.

A prostatite ou pode ser bacteriana e acontecer em episódios pontuais, ou não ter um agente infeccioso relacionado e acontecer de forma crônica.

Então, vamos entender a diferença:

O que é a prostatite bacteriana?

A prostatite bacteriana é a inflamação da próstata associada a infecções por bactérias. No caso da prostatite bacteriana, existe uma grande associação as bactérias que causam infecção urinária. Elas podem migrar do trato urinário para a próstata, principalmente quando a infecção não é tratada a tempo ou adequadamente.

É comum que a prostatite aguda seja associada a algum tipo de infecção bacteriana. Assim, nesses casos o tratamento é feito com antibióticos.

ISTs podem provocar prostatite?

Além da condição causada por infecção bacteriana, a inflamação na próstata pode ser provocada por infecções sexualmente transmissíveis, principalmente homens jovens que praticam sexo (anal ou não) sem a proteção adequada. Nesse caso, os agentes infecciosos mais comuns são clamídia e gonorreia.

O que é prostatite crônica?

A prostatite crônica é uma condição que pode ficar dormente durante muito tempo antes de ser diagnosticada. Nela, a inflamação na próstata aparece em episódios recorrentes e com sintomas mais brandos. Esse tipo de inflamação pode não ter nenhum agente externo como principal causador, por isso seu diagnóstico e tratamento podem ser mais complexos que os casos agudos de prostatite.

Prostatite ou próstata inflamada [Omenscast #38]

No nosso 38º episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai apresentar todos os detalhes da prostatite, ou seja, da próstata inflamada: sintomas, causas e remédios. A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

O que pode causar a prostatite?

A inflamação da próstata pode ter causas variadas que incluem até mesmo ansiedade e estresse. Existem alguns fatores que podem facilitar essa inflamação, ou por permitirem que as infecções aconteçam, ou por mudanças naturais do corpo. 

Esses fatores que podem proporcionar a prostatite são, por exemplo: 

  • atividades sexuais sem a proteção devida;
  • o aumento da próstata (hiperplasia prostática benigna) que pode acontecer após os 50 anos;
  • biópsias ou cirurgias realizadas na região da próstata; 
  • prática de atividades ou exercícios que podem fazer pressão na região da próstata.

Quais os sintomas?

Os sintomas da prostatite podem variar de intensidade dependendo da sua forma (aguda ou crônica). Apesar disso, em ambos os casos os sinais da inflamação são bastante parecidos. 

Os sintomas incluem, por exemplo:

  • ardência para urinar,
  • vontade de ir ao banheiro toda hora,
  • jato fraco,
  • sangue na urina,
  • febre,
  • mal estar,
  • cansaço,
  • dor ou ardência ao urinar,
  • dores pélvicas pela contração excessiva da próstata e dos músculos ao redor,
  • dor ao ejacular,
  • dor nos testículos, reto ou genitais.

No caso da prostatite crônica, é menos comum apresentar febre.

Como é o diagnóstico de prostatite?

Caso haja alguma suspeita de prostatite, é necessário procurar primeiramente a ajuda de um médico urologista.

Durante a consulta, o médico realizará o exame de toque retal, caso a inflamação exista (esse tipo de exame pode gerar certo desconforto ou dor). Além disso, provavelmente será coletada a secreção da próstata para análise e entender se existe ou não a infecção. Por fim, podem ser requisitados exames de urina para ajudar no diagnóstico. 

Em seguida, após os resultados dos exames, o urologista poderá escolher o melhor tratamento para a prostatite.

Como tratar a prostatite?

O tratamento da prostatite varia de acordo com sua causa e do seu tipo. A aguda tem cura, enquanto o tratamento para a prostatite crônica busca aliviar sintomas e cessar o episódio de inflamação.

Para ambos os casos, existem medicamentos, mas também existem recomendações para o dia a dia do paciente:

  • tomar banhos quentes, para relaxar a musculatura;
  • não comer alimentos muito condimentados;
  • evitar alimentos apimentados;
  • evitar bebidas ácidas, como café e refrigerantes.

Tratamento para prostatite com infecção

O tratamento para a prostatite bacteriana é realizado sobretudo com antibióticos. Quando a bactéria se instala na próstata, pode ser difícil erradicá-la. O tratamento pode demorar por volta de 2 semanas ou mais dependendo do caso. Além disso, podem ser repassados anti-inflamatórios ou remédios para o alívio da dor.

Tratamento para prostatite sem infecções

Quando não há uma infecção relacionada à prostatite e quando ela é crônica, o tratamento pode ser mais demorado. São utilizados anti-inflamatórios e relaxantes musculares para que a inflamação seja resolvida. Mas o tratamento envolve outras terapias dependendo do relato de sintomas que o paciente der ao médico.

Conclusão

Na publicação de hoje, entendemos do que se trata essa condição, o que é bom para tratar a prostatite e quais são os principais sintomas dessa inflamação. Não deixe de consultar o médico assim que perceber qualquer uma das dores ou sintomas relatados. Quanto mais rápido o tratamento for colocado em prática, mas rápido será possível levar uma vida saudável. 

A Omens oferece consultas online que podem te ajudar a diagnosticar essa e outras condições que afetam a vida sexual masculina. Entre em contato e agende já sua consulta com um urologista especializado.


Referências

Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *