Como usar e escolher um gel lubrificante?

banana lambuzada em mel como se fosse lubrificante no pênis
BLOG OMENS / Sexualidade
logo da Omens
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

25 de novembro 2021

Não são todos que gostam ou que conseguem usar gel lubrificante. Além disso, assim como a hora de colocar o preservativo, essa pausa pode ser incômoda para algumas pessoas. No entanto, o lubrificante pode ser útil em muitos casos: seja de um ponto de vista médico para alguns, seja simplesmente para trazer mais prazer à experiência.

Por prazer ou utilidade, aqui vamos listar os benefícios do uso de géis lubrificantes e explicar como escolher o melhor produto para você.

O gel lubrificante e seu uso no sexo

À primeira vista, podemos pensar que gel lubrificante só é útil para mulheres, mas ele tem utilidade também para os homens!

Retardar a ejaculação

Para muitos homens, usar lubrificantes pode ser bastante eficaz em auxiliar no tratamento da ejaculação precoce.

Em algumas pessoas, a ejaculação precoce pode estar ligada a uma hipersensibilidade da glande. Assim, o uso de um gel lubrificante pode tornar o atrito menos intenso e diminuir a excitação masculina, atrasando a ejaculação.

Isso não resolve todos os problemas relacionados à ejaculação precoce, claro, mas pode ajudar ao mesmo tempo os parceiros e parceiras que não possuem lubrificação natural suficiente.

Lubrificar o preservativo

Para o conforto de ambos parceiros, o gel lubrificante pode ser útil também quando aplicado na parte exterior da camisinha.

É importante salientar que, em média, uma relação sexual com preservativo multiplica a resistência do atrito por três. Ainda que a camisinha seja lubrificada com antecedência, isso nem sempre é suficiente.

É por isso que falamos que a questão da lubrificação não é apenas um problema feminino! Além disso, o lubrificante pode ser usado continuadamente para evitar que a mulher sofra com ardências caso o preservativo irrite.

Por fim, é possível aplicar o gel lubrificante na parte interna da camisinha. Isso torna o preservativo mais confortável para alguns homens.

Mas uma gota é o suficiente! Usá-lo em excesso pode expor você ao risco de o preservativo soltar durante o sexo…

Pequeno guia dos lubrificantes íntimos [Omenscast #30]

No nosso 30º episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai apresentar diversas informações úteis sobre os lubrificantes íntimos! Você sabe qual escolher? A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

Usando gel lubrificante em certos períodos da vida

O gel lubrificante pode ser útil a casais também, mesmo que não estejam usando camisinha.

Após uma gravidez

Isso pode ocorrer principalmente depois de uma gravidez, em um período no qual a mulher irá passar por uma secura vaginal durante algum tempo (de 2 a 3 meses normalmente).

É importante, sobretudo, não se pressionar durante esse período. Isso porque há o risco de a pessoa sentir dores e ainda prejudicar o retorno à libido normal.

Claro, isso não necessariamente ocorre com todas as mulheres. Mas você não deve deixar de usar um gel lubrificante em caso de dificuldade, pois, nesse período, é normal ocorrerem ressecamentos na região íntima.

Menopausa

Esse é certamente o momento em que uma mulher pode precisar mais de um gel lubrificante. A menopausa surge, em média, por volta dos cinquenta anos.

O uso de lubrificantes ajuda a evitar eventuais dores e a tranquilizar a pessoa.

Ressecamento e contracepção

Contraceptivos como a pílula anticoncepcional ou o DIU podem provocar uma queda na libido para muitas mulheres e, ao mesmo tempo, uma redução na lubrificação vaginal.

Às vezes, basta mudar o método de contracepção. Mas se o problema persistir, pode-se recomendar o uso de gel lubrificante nas relações.

Erotismo

Muitas vezes usado para evitar dores durante o sexo, os lubrificantes também são usados para fins eróticos.

Há diversos géis que multiplicam as sensações das massagens e das estimulações.

Para algumas mulheres, o uso de gel lubrificante ao acariciar o clitóris, os lábios menores ou a vagina pode até mesmo facilitar o orgasmo. E os resultados também podem ser prazerosos aos homens!

Quais são as causas da perda de libido? [Vídeo]

O que é libido? A libido está muito ligada ao desejo sexual. É difícil de definir qual o nível normal, mas às vezes, as pessoas podem ter baixa libido, ou seja, uma falta de desejo sexual. Nesses casos de falta, quais é a razão da libido não estar como antes? Como lidar com a perda de libido? E mais: se estou com a libido baixa, tem como aumentar? E quais as relações entre a libido e a testosterona, ou melhor, a baixa testosterona? Entenda nesse vídeo.

Como escolher o seu gel lubrificante?

É melhor usar um lubrificante do que correr risco ao usar a própria saliva, que pode transmitir certas ISTs (como o herpes, por exemplo).

Quanto a qual lubrificante escolher: é preferível não utilizar um produto que contenha óleos vegetais ou derivados de petróleo, que enfraquecem a camisinha.

Dê preferência aos géis lubrificantes à base de água e ácido hialurônico (que retém a água).

Em uma relação monogâmica estável, quando não há uso de preservativos, os óleos vegetais não são um problema.

Enjoy!

Mais leituras

Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

COMENTÁRIOS SOBRE “Como usar e escolher um gel lubrificante?

  1. Henrique Gonga says:

    Boa tarde caros
    doutores, gostaria saber se pode se aplicar o gel lubrificante direitamento no penis e na vagina.
    quais os efeito secundarios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *