Como aumentar a libido?

Pênis formado com uma banana e dois tomates fazendo referência ao título Como aumentar a libido
BLOG OMENS / Sexualidade
logo da Omens
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

16 de abril 2022

Não importa se você é solteiro ou se está em um relacionamento: o desejo sexual deve permanecer! Há diversos fatores que podem levar à perda de libido: um quadro psicológico característico, estresse, fadiga, ansiedade, uma dieta desequilibrada, falta de atividade física… Por isso, a Omens separou algumas dicas para você que quer saber como pode aumentar a sua libido.

Pratique esportes para aumentar a libido!

Praticar esportes regularmente (sem excesso) ajuda não só a manter a forma física, mas também a saúde mental e uma boa relação com o próprio corpo! Além disso, é uma boa forma de aliviar o estresse, que pode ser uma das causas da libido baixa.

Nosso corpo libera endorfina durante a atividade física, assim proporcionando bem-estar, prazer e mais ânimo. E todos esses pontos, físicos e mentais, são importantes para uma vida sexual plena e, portanto, ajudam a aumentar o libido!

Aliás, você pode acrescentar a tudo isso sessões de yoga ou de meditação, que também ajudam a manter o equilíbrio entre corpo e mente.

Podcast: tudo sobre libido [Omenscast #11]

No nosso 11º episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai explicar todos os detalhes sobre a libido, tanto masculina como feminina: quais os problemas que podem afetá-la, quais as causas e possíveis tratamentos. A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

Como melhorar a libido através da alimentação

A alimentação desempenha um papel importante no nosso desejo sexual. Isso porque certas carências nutricionais podem provocar uma queda na libido.

A fim de combater também o estresse, o cansaço, a ansiedade, etc., adote uma dieta baseada em frutas e vegetais (adicionar especiarias afrodisíacas não vai fazer mal!).

Enfim, uma alimentação natural não é só uma forma de como aumentar o libido, mas é o ideal para a sua saúde em geral. E você só tem a ganhar com isso. Aliás, você pode ler o nosso artigo sobre esse assunto.

Evite o álcool: uma bebida pode fazer a pessoa relaxar, mas, em excesso, temos o efeito oposto. O cigarro também deve ser evitado, já que o tabaco reduz a circulação sanguínea.

Casado ou solteiro, saia da rotina!

Não deixe a monotonia se estabelecer e continue surpreendendo sua(s) parceira(s). Aliás, se você está em um relacionamento e está sentindo que a(o) parceira(o) anda desejando menos você, tente coisas diferentes para reacender o desejo nela(e).

Lembre-se, além disso, de que suas próprias atitudes do dia a dia têm um papel importante nisso. Do mesmo modo, se acontece o contrário e é ela(e) que está produzindo menos efeito em você, talvez seja importante ter uma conversa sincera e tranquila. Às vezes, pequenos gestos são o suficiente para recuperar a atração.

Principalmente seja criativo, inove: experimente posições novas, lugares diferentes… Além disso, é importante lembrar que a relação sexual não precisa ter uma ordem programada, muito menos um passo a passo fixo!

Como sair da rotina e apimentar as relações

Agora, se você realmente está até um pouco entediado com relação ao sexo e não sabe como vencer esse obstáculo, nós preparamos algumas dicas para te ajudar a sair da rotina:

  1. Converse sobre sexo com a(o) parceira(o): é sério, às vezes algo simples como a falta de comunicação pode prejudicar as relações sexuais e a libido. Diversos fatores contribuem para o prazer, por isso discutir abertamente o que vocês gostam ou não gostam (e até fantasias!) pode ajudar os dois a se satisfazerem na cama e descobrirem coisas novas juntos.
  2. Separe um tempo para se dedicar inteiramente ao sexo: se você e a outra pessoa estão tendo dificuldade em encontrar um tempo para transar, está na hora de rever as suas prioridades! Matar um tempo para se concentrar unicamente nisso pode deixar os dois bastante excitados.
  3. Tente interpretar um papel, uma fantasia (roleplay): caso os dois estejam abertos a isso, atuar e criar contextos imaginários pode ser muito excitante, além de estimular a comunicação e trazer experiências novas ao sexo.
  4. Experimente novos brinquedos sexuais: os sex toys sempre podem enriquecer uma vida sexual saudável. Existem muitos e muitos acessórios e brinquedos no mercado, mas dê preferência aos produtos que consigam estimular os dois, para tornar a relação ainda melhor!
  5. Explore fantasias e desejos: os seus e os da(o) parceira(o)! Felizmente fantasiar com diferentes práticas, estímulos, etc. não é mais um tabu como era antigamente. O importante é respeitar, conversar sobre consentimento e conhecer os limites um do outro.

Tem como aumentar naturalmente a testosterona e a libido? [Vídeo]

A testosterona é o principal hormônio masculino, responsável pelo funcionamento de muitas partes do corpo do homem, inclusive a libido. Mas, uma vez ou outra, você pode estar com sua testosterona alta ou mesmo com a testosterona baixa. Aliás, quando a testosterona está baixa, você sabe quais são os sintomas e como aumentar? O Dr. João Brunhara explica melhor nesse vídeo!

O que fazer para aumentar a libido naturalmente?

Há diversos alimentos naturais que também podem ajudar você a se sentir melhor e a aumentar o libido. Embora não haja evidência científica que garanta tais efeitos, acredita-se que a maioria deles pode estimular a circulação sanguínea e fazer a pessoa se sentir mais relaxada e confiante.

No entanto, tais “remédios” naturais não substituem hábitos saudáveis nem um tratamento médico. Por isso, se os sintomas persistirem ou se agravarem, procure por orientação médica.

1️⃣ Complemente a alimentação com ginseng

Alguns estudos dizem que o ginseng pode apresentar efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes. Assim, ele traria mais vigor ao organismo e seria ótimo em caso de estresse, cansaço e fraqueza. Você poderá encontrar o ingrediente em pó ou em cápsulas em lojas de produtos naturais. Mas atenção: consuma o produto com regularidade, porém sem ultrapassar o limite de 10 dias seguidos de ingestão diária.

2️⃣ Adicione cravo-da-índia às suas receitas

O cravo é um ingrediente poderoso, que pode melhorar a circulação sanguínea e aumentar os níveis de testosterona quando consumido em doses baixas e com certa regularidade. As pesquisas apenas sugerem tais propriedades, portanto ainda não foi comprovado que esses são realmente os efeitos do cravo-da-índia. Mesmo assim, incluir o alimento em uma dieta saudável pode trazer bons resultados com o passar do tempo.

3️⃣ Procure pela maca peruana

A Maca peruana é uma raiz nativa do Peru, normalmente disponível em pó dentro de cápsulas, como suplemento alimentar. Muitas pessoas vêm usando a planta para aumentar a fertilidade e o apetite sexual (o libido), bem como para melhorar a disposição e a resistência.

Boa parte da fama do vegetal como afrodisíaco vem do seu uso de longa data no Peru, tanto na culinária como na medicina tradicional antiga. No entanto, há poucas pesquisas disponíveis sobre a planta e os estudos que poderiam comprovar os seus efeitos – como aumentar a libido – foram realizados apenas em animais ou foram patrocinados por empresas que vendem o produto.

Ainda assim, com certeza a raiz é altamente nutritiva: é fonte de vitaminas e minerais importantes e contém um valor energético alto. Portanto, nada impede que você inclua a Maca peruana na sua alimentação, o que pode ajudar a trazer mais energia e disposição para o seu dia a dia.

A libido continua baixa? Consulte um urologista

Essas dicas simples, com métodos naturais, que mencionamos podem ajudar você a aumentar ou a recuperar uma libido normal, mas claro: não são práticas “milagrosas”.

Às vezes uma libido baixa requer o cuidado de um especialista no assunto, principalmente para identificar quais são as causas.

Há muitos fatores que podem causar uma redução da libido, por exemplo:

  1. problemas pessoais ou profissionais, depressão, burn out (esgotamento), estresse excessivo e outros problemas psicológicos;
  2. problemas hormonais, como baixa testosterona em pessoas do sexo masculino;
  3. certas doenças crônicas que podem provocar perda de libido;
  4. alguns medicamentos, como antidepressivos, remédios para o coração, certos analgésicos e tratamentos hormonais;
  5. por fim, também tem a síndrome da apneia do sono.

Uma pesquisa da Omens em parceria com a Datafolha também evidenciou que a última pandemia afetou a saúde mental e a sexualidade dos brasileiros:

45%

dos brasileiros estão fazendo menos sexo durante a pandemia

36%

também passaram a se masturbar menos após os surtos de Covid-19

Por todas essas razões, pode ser necessário consultar ou um médico especializado na área, ou um terapeuta sexual.

Além de procurar a possível causa dessa queda na libido, o médico também será capaz de oferecer a você o melhor tratamento. Assim, se a causa identificada for de natureza clínica, um medicamento ou outros tipos de tratamento podem te ajudar a estimular a sua libido.

Por fim, um psicólogo também pode te orientar a estimular sua libido com métodos específicos, adaptados ao seu caso.

Conclusão: saiba como aumentar o libido

A qualidade de vida representa um fator muito importante para a nossa libido: uma alimentação saudável, boas noites de sono, prática regular de atividades físicas, disposição… Tudo isso promove o bem-estar do organismo e, portanto, também favorece o desejo sexual.

Mas, caso seja uma queda na libido causada por problemas conjugais, saiba que há diversas formas de despertar o desejo na(o) parceira(o).

Se, apesar de tudo, seus problemas de libido persistirem, provavelmente são fatores psicológicos e/ou fisiológicos que estão em jogo – o que pode exigir a ajuda de um profissional especializado.

Resumo


Referências

Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

5 comentário(s) sobre “Como aumentar a libido?

  1. Luiz Aurélio Magalhães says:

    Estou com a ereção baixa o que posso fazer pra voltar. Tenho 64 anos sou cardiopata, tomo remédio pra pressão,ass, colesterol e sertralina.

    • Dr. João Brunhara says:

      Jair, como não conhecemos pessoalmente o seu caso, não podemos dar um diagnóstico agora para você. Mas você pode consultar aqui um urologista online: assim, o médico tendo acesso ao seu histórico e fazendo perguntas melhor direcionadas, ele vai poder conhecer quais são as verdadeiras causas e te ajudar, indicando os melhores tratamentos. Na Omens, os médicos parceiros da plataforma costumam cobrar em torno de R$ 69 reais pela consulta – um valor bastante abaixo da média em comparação com os consultórios e clínicas de urologistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *