O que é a faloplastia?

prédios de variados tamanhos em taiwan, representando um dos usos da faloplastia
BLOG OMENS / Tratamentos
logo da Omens
Escrito por

Seth Zanette

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

11 de julho 2022

A faloplastia é um procedimento cirúrgico que pode parecer muito apelativo para diversos homens. No entanto, a maioria possui pouco conhecimento sobre como acontece a cirurgia e quais os riscos que ela pode envolver. Aliás, até os próprios resultados podem ser diferentes do esperado.

No artigo de hoje, a Omens te apresenta uma visão mais clara sobre como é a cirurgia plástica no pênis e o que se espera dela nos casos em que é recomendada. Então, acompanhe com a gente e fique informado sobre o assunto!

Entendendo a cirurgia de faloplastia

A faloplastia é como se chama uma cirurgia plástica no pênis. Portanto, não existe apenas uma forma de se realizar a faloplastia. O tipo de faloplastia dependerá do resultado que se espera e do estado inicial do paciente. 

Por exemplo, existem indivíduos que passam pela amputação do membro quando este apresenta câncer, então ele precisa ser reconstruído do zero. Já em outros casos, o pênis existe, mas pelo seu formato ou por condições como a doença de Peyronie, provoca dor ou desconforto ao paciente. 

Isso quer dizer que existem casos em que a faloplastia é realmente recomendada, como poderemos ver no tópico Em quais situações a faloplastia é indicada? 

Mas quando falamos da faloplastia, a maior procura por informação é de homens com membros saudáveis que querem aumentar ou engrossar o pênis, por não se sentirem satisfeitos. Nesses casos, a cirurgia pode mesmo ser realizada? Vamos entender melhor abaixo:

Por que a faloplastia se tornou tão procurada?

Simples: pela promessa de tornar um pênis maior.  

A maioria dos homens não está satisfeita com o tamanho do próprio pênis, mesmo em situações em que o tamanho do pênis e seu formato não possuem nenhum tipo de anormalidade. Muitas vezes isso acontece porque existe uma noção errada de que só existe um padrão de pênis aceito, quando na realidade existem diversos formatos e tamanhos normais.

→ Esse já foi um dos assuntos que abordamos aqui na Omens, vale a pena dar uma olhada aqui.

Então, a partir disso, quando surge uma forma aparentemente “milagrosa” que promete aumentar ou engrossar o pênis, é comum que ela desperte interesse. 

É mesmo possível aumentar o pênis?

E a pergunta mais feita é se a faloplastia é capaz mesmo de aumentar o pênis que é saudável e não possui nenhum tipo de anormalidade. Bem, estudos mostram que, em pacientes sem nenhum tipo de problema, os resultados não são tão impressionantes ou benéficos. 

Segundo pesquisa realizada pela Sexual Medicine Reporting, 80% dos homens relataram insatisfação com a faloplastia. Alguns relataram ou não haver mudança nenhuma, ou pior: um encurtamento do pênis após a faloplastia. 

Além disso, existem riscos sérios que envolvem o procedimento cirúrgico no pênis. Tudo isso precisa ser considerado antes da realização da faloplastia.

Quais os tipos de faloplastia que existem?

Como mencionamos anteriormente, a faloplastia é o nome dado para diversas cirurgias plásticas no pênis. Portanto, existem diversas técnicas que podem ser aplicadas, dependendo do resultado que se espera obter. 

Dentre os tipos de faloplastia existentes podemos citar:

  • Lipoaspiração da gordura suprapúbica (que fica logo acima do pênis): visa-se uma aparência maior do pênis sem realmente alterar o tamanho do mesmo;
  • Ligamento suspensor do pênis: assim se espera que o pênis fique mais solto e mais pendente para baixo, dando uma impressão de tamanho maior;
  • Engrossamento do pênis: onde substâncias ou mesmo gordura do paciente é injetada no pênis para engrossá-lo;
  • Inserção de prótese no pênis: este procedimento não serve para aumentar o pênis, mas para auxiliar na ereção ou para ajudar a retificar um pênis curvo;
  • Re(construção) do pênis: o pênis é construído a partir dos tecidos existentes do paciente.

Além dessas técnicas, podem existir outras para alcançar objetivos de aumentar o pênis no estado flácido ou ereto. Entretanto, uma constante é que esses procedimentos carregam consigo riscos para a saúde.

Resultados esperados

Mas e quanto aos resultados: eles são positivos nessas cirurgias? 

Existem dois tipos de caso que precisamos observar: o paciente que possui uma condição médica e necessita da faloplastia e aquele que recorre a cirurgia plástica mesmo possuindo um membro saudável.

No primeiro caso, os pacientes relatam uma melhora na sua condição e resultados satisfatórios. Para darmos um exemplo, pacientes transgêneros que se submetem a faloplastia de afirmação de gênero, apresentam satisfação de até 97%, segundo pesquisa realizada em 2012.  

Já quando observamos os números da faloplastia por razões estritamente estéticas, a insatisfação é grande: principalmente pelos efeitos colaterais que podem ser adquiridos após o procedimento estético ou porque ele não dura muito. No caso da faloplastia visando o engrossamento do pênis, 80% da gordura injetada já não vai estar presente um ano após o procedimento estético.

Os resultados de uma pesquisa realizada no Reino Unido, mostrou que, com os riscos que a faloplastia acarretava em pacientes que não necessitavam do procedimento, o procedimento não valia a pena. Isso porque os resultados não foram tão impressionantes e chegavam a piorar a percepção estética do próprio paciente. 

Mas e quando as coisas dão certo? A faloplastia aumenta quantos cm no pênis?

A cirurgia para aumentar o pênis pode ter resultados positivos, mas não em tão grande escala quando se pensa. Quando a faloplastia dá bons resultados, o aumento pode ser de 2 até 3 cm – em termos de percepção de comprimento do órgão e da parte dele que fica visível, sem ser encoberta por gordura, mas sem alterar o comprimento do pênis propriamente dito.

Como aumentar o pênis [Vídeo]

O tamanho do pênis é uma das coisas que mais preocupam os homens no que diz respeito à sexualidade masculina. Mas, afinal, como aumentar o pênis? Existem exercícios para aumento peniano? Tem como aumentar o pênis naturalmente, o aumento peniano natural, ou seria por meio de cirurgia? O que dizer da faloplastia? Há algum remédio para aumentar o pênis? Ou seria só pra casos de micropênis? Enfim, será que você tem mesmo um pênis pequeno ou está no tamanho médio do pênis?

Preços: qual o valor de uma faloplastia?

Mais um ponto que pode não compensar é o custo-benefício de uma faloplastia. O preço em si pode variar de acordo com o tipo de procedimento a ser realizado, mas a faixa gira em torno de 2.000 até 25.000 reais.

Os procedimentos mais simples, geralmente os que pretendem engrossar o pênis e que envolvem a injeção de gordura, podem custar menos ou mais dependendo do profissional e do tipo de substância aplicada.

Quais os riscos da faloplastia?

Os riscos da faloplastia precisam ser discutidos a fundo com o paciente. Muitos não sabem, mas existem procedimentos para aumentar o pênis que podem acabar reduzindo o seu tamanho; enquanto alguns outros podem impedir que uma boa ereção aconteça. 

Veja abaixo uma lista dos riscos que a faloplastia pode apresentar:

  • disfunção erétil em pênis que não apresentavam nenhum tipo de problema;
  • perda de sustentação no enrijecimento do pênis (na secção do ligamento suspensor do pênis);
  • problemas na mobilidade da pele peniana;
  • fibrose;
  • problemas de infecção;
  • membro menor do que antes do procedimento.

O ideal é que, antes de decidir pela realização da faloplastia, o homem passe pelo acompanhamento psicológico e saiba de todos os riscos envolvidos. Apenas assim é possível fazer uma escolha consciente e evitar arrependimentos.

Em quais situações a faloplastia é indicada?

Porém, existem casos em que os riscos são menores do que o benefício para quem realiza a faloplastia, principalmente em pacientes que precisam da reconstrução total do membro. Para aqueles que, por exemplo perderam o membro pela ação do câncer ou por causa de acidentes, a faloplastia é um procedimento muito indicado. 

Existem também outras tantas condições em que pacientes se beneficiam da faloplastia, por exemplo:

  • para quem possui a doença de Peyronie, uma condição que atrapalha a vida sexual e rotineira de diversos homens;
  • para quem passou por lesões traumáticas no pênis, inclusive lesões provocadas durante guerras;
  • nos casos em que se possui um micropênis;
  • em casos da necessidade de amputação do pênis;
  • nos casos de carcinoma peniano;
  • para pessoas transmasculinas e não binárias que desejam passar pela faloplastia de afirmação de gênero;
  • quando existe anomalia ou deformação no pênis.

Existem outras abordagens para quem se queixa do tamanho do pênis?

Primeiramente, é necessário entender se existe um problema de fato com relação ao tamanho do pênis (como no caso de quem possui micropênis) ou se, na realidade, se trata de uma noção errada sobre o tamanho do membro. Condições como dismorfia peniana e o transtorno dismórfico corporal podem levar o indivíduo a pensar que possui um pênis menor do que realmente têm. Nesses casos, o ideal é procurar primeiro ajuda psicológica.

Abordagem como bombas penianas costumam não surtir efeito no tamanho do pênis. Além disso, não existem remédios naturais ou formas milagrosas para aumentar o membro. O ideal é entender se os riscos da faloplastia realmente compensam 2 ou 3 cm a mais de percepção de tamanho, e não de tamanho real.

Conclusão

A faloplastia é assunto sério e todos os riscos devem ser levados em consideração na hora de optar por esse tipo de procedimento. Existe risco de até mesmo o resultado contrário acontecer.

Portanto, não deixe de consultar um médico urologista e entender se a faloplastia vale mesmo a pena no seu caso. Ou você pode também dar uma olhada nas outras postagens da Omens para entender melhor sobre si mesmo e a sua saúde sexual.


Referências

Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *