Ereção matinal: por que ela ocorre?

BLOG OMENS / Ereção
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

30 de novembro 2020

A ereção matinal, ou seja, acordar de manhã com o pênis ereto é um fenômeno comum na vida de um homem.

Mas por que isso acontece? A razão disso é tão misteriosa assim? Quais são as causas instintivas e biológicas das ereções matinais?

A Omens explicará em poucas palavras o que causa esse tipo de ereção.

Ereção matinal: consequência do sono REM

Muitas vezes ouvimos dizer que esse fenômeno está relacionado à necessidade de urinar quando acordamos. No entanto, essa é uma razão insuficiente e pouco provável, pois, durante o dia, o pênis não fica ereto assim que a bexiga enche!

A hipótese mais plausível é que esse mecanismo do nosso corpo está ligado à nossa atividade cerebral e às fases do sono.

Há diferentes fases do sono: fases com o sono leve, que depois fica cada vez mais profundo, até chegarmos a uma fase conhecida como sono R.E.M. (em inglês, Rapid Eye Movement: movimento rápido dos olhos).

Se acordarmos durante a noite, o ciclo do sono começa novamente: sono leve, que vai se tornando mais profundo, até o famoso sono REM.

Mas o que é o sono REM?

A fase que nos interessa para responder à nossa questão (por que os homens têm uma ereção de manhã?) é a fase REM.

Aqui estão quatro aspectos importantes do sono REM:

  • O sono REM é a fase do sono em que os sonhos são mais intensos;
  • Nosso corpo fica completamente paralisado;
  • Nossos olhos se mexem sob as pálpebras;
  • Tudo isso antes dos pênis endurecer e ficar ereto.

Por que esses fenômenos acontecem ao mesmo tempo? Não temos a resposta exata, e é por isso que há um tempo atrás chamávamos essa fase do sono de “paradoxal”!

Há em média de 3 a 6 fases do sono REM em uma noite. Isso significa que um homem tem aproximadamente de 3 a 6 ereções por noite, cada uma durando de 10 a 30 minutos.

Portanto, os homens têm ereções todas as noites por um período de pelo menos uma hora; às vezes até duas!

Normalmente, os homens nem percebem que isso acontece, a menos que a pessoa acorde no final do sono REM. A ereção matinal é, então, o final da última ereção da noite.

A ereção matinal depende de sonhos eróticos?

Essa é uma idéia bastante propagada, mas falsa: o homem pode ter ereções à noite sem nenhum sonho erótico.

Na verdade, a ereção matinal pode ser considerada espontânea e independente de desejo ou excitação sexual.

Agora, a ereção de manhã possui algum objetivo biológico?

Para que serve a ereção matinal?

Não temos uma explicação precisa para as causas das ereções da manhã e da noite. No entanto, podemos explicar o que aconteceria se elas parassem.

Em experimentos ou após intervenções cirúrgicas, percebemos que, se um homem perdesse sua ereção matinal ou noturna, seu pênis se deterioraria gradualmente. O membro receberia menos oxigênio, trabalharia menos e perderia sua funcionalidade, podendo até ficar esclerosado.

As ereções noturnas e matinais parecem, portanto, ter a função de preservar o pênis. É como se elas fossem o aquecimento de um jogador de futebol, que treina na beira do campo para poder entrar em jogo nas melhores condições!

E quando faltam ereções matinais? O que isso quer dizer?

Quando não se tem uma ereção de manhã ou à noite, há três explicações possíveis:

  1. A primeira e mais frequente: a pessoa não percebe que possui ereções noturnas. Portanto, ela pensa equivocadamente que não tem uma. Mas, na realidade, a pessoa em questão dorme profundamente demais para perceber isso. Ou, quando desperta, no dia a dia, acorda numa fase do sono que não coincide com o sono REM.
  2. A segunda explicação é que se trata de um problema do sono, como: apneia do sono, depressão, um período de burnout… Qualquer coisa que possa perturbar o descanso, que corra o risco de atrapalhar a fase REM e, portanto, a ocorrência de ereções.
  3. A terceira explicação possível: o problema está na ereção, ou seja, há algo de errado com o pênis. Nesses casos, o cérebro funciona bem, o sono também é normal, mas o homem sofre de disfunção erétil e seu pênis está debilitado. Assim, a ereção não é possível.

Exames para contabilizar as ereções noturnas

Existem técnicas que nos permitem contar quantas ereções noturnas um homem teve. Esse teste tem sido importante, por muitos anos, no tratamento da disfunção erétil.

Os médicos consideravam que se um homem ainda tivesse suas ereções noturnas e matinais, a causa da disfunção erétil provavelmente era psicológica. Inversamente, se ele não tivesse mais uma ereção de manhã e à noite, a causa provavelmente era biológica.

Atualmente, possuímos métodos farmacológicos, tratamentos e técnicas de anamnese que permitem fazer a distinção entre as causas biológicas e psicológicas de forma confiável, de modo que esse tipo de teste é cada vez menos praticado.

Outras ereções “involuntárias” durante o dia

Ereções automáticas são um fenômeno normal na vida dos homens, e muitos gostariam entendê-las. Saiba, então, que o desejo e os estímulos sexuais nem sempre são necessários para deixar o pênis ereto.

No entanto, mesmo que um homem não esteja necessariamente sentindo desejo sexual ou não esteja sendo estimulado, um simples toque, situação ou pensamento pode causar uma ereção involuntária: o corpo toma conta da mente! Trata-se de um reflexo espontâneo do organismo.

É um fenômeno difícil de decifrar, pois normalmente é o cérebro que coordena o corpo e envia sinais que provocam a ereção. Embora isso possa ser desconfortável, é algo completamente normal e um sinal de boa saúde. Por isso, não há por que se preocupar.

Entretanto, o que é preocupante é uma ereção prolongada e involuntária que dura várias horas: o priapismo. As causas são diversas: hemopatias (doenças do sangue), efeito colateral de tratamentos para a ereção (como as injeções intracavernosas, mas não somente), diversos tratamentos medicamentosos (antidepressivos, antipsicóticos, corticoides, alguns anti-hipertensivos), consumo de drogas e de álcool.

Se uma ereção se prolongar por mais de 4 horas, deve-se consultar um médico urgentemente.

Ereção matinal normal: conclusões

Esse fenômeno ainda é cheio de mistérios, embora hoje tenhamos algumas pistas que ajudam a explicá-lo.

Sabemos agora que as causas das ereções noturnas e matinais são provavelmente biológicas e ocorrem devido ao sono, quando o cérebro controla o corpo.

E parece que essas ereções desenvolvem o bom funcionamento do pênis.

Entretanto, não se preocupe se você pensa que não tem uma ereção à noite. Às vezes você simplesmente não se dá conta disso. Se você acha que a frequência de suas ereções diminui durante a noite, isso pode estar relacionado a um problema no sono.

De qualquer forma, é fácil conversar com um médico sobre isso. De vez em quando, a falta de ereções à noite pode ser um sinal de disfunção erétil.

Fontes

Consulte um médico especializado em sexologia na Omens

Omens.com.br é uma plataforma de saúde dedicada ao homem. Ela reúne urologistas, sexólogos e farmacêuticos para construir uma solução de qualidade, segura e acessível a todos.

A plataforma permite que você se consulte online com médicos especializados em sexologia. A consulta online pode ser feita por mensagem, telefone ou videochamada, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico especializado em sexualidade, que trata de distúrbios relacionados ao sexo diariamente.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta dentro de 24 horas (a espera média para uma consulta com um urologista especializado em sexologia no Brasil é de vários meses).
  • Peça pela internet os medicamentos necessários ao tratamento e eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia perto de você.
  • Evite o desconforto na sala de espera de um consultório ou na farmácia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *