Saiba como fazer um bom sexo oral NELE!

BLOG OMENS / Sexualidade
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

8 de junho 2021

Todo mundo, homem ou mulher, se lembra do primeiro sexo oral! No entanto, essa experiência raramente é 100% satisfatória na primeira vez, seja fazendo, seja recebendo… E por uma razão válida: o sexo oral é sempre uma arte que é preciso aprender e aperfeiçoar!

Mas o que significa fazer “um bom sexo oral”? Significa dar muito prazer ao parceiro? Tem que resultar em orgasmo? A Omens vai contar a você tudo sobre essa prática muito apreciada pelos homens!

O sexo oral no homem e a importância da higiene… E da proteção!

Estamos falando aqui de higiene masculina: isso porque, antes mesmo de falar de um sexo oral de sucesso, o homem deve respeitar a(o) parceira(o)!

A falta de higiene não só irá enojar a outra pessoa, mas também fará do sexo uma verdadeira tragédia para ambos (podendo até facilitar a transmissão de infecções)… O gosto do pênis é certamente um fator determinante para que a(o) companheira(o) também sinta prazer e faça um bom sexo oral.

Além disso, por ser uma prática sexual, ela é de responsabilidade dos dois, e não só de quem vai fazer! Portanto, se você estiver com algum receio, não fique com medo de pedir ao seu parceiro para lavar bem as partes íntimas dele antes!

Além disso, lembre-se de que o sexo oral pode transmitir ISTs; portanto, é essencial usar um preservativo quando você não tem total certeza sobre o seu parceiro.

Mas, ok, nem sempre é fácil pedir a alguém para tomar banho e se lavar bem… Então, nós vamos te dar mais algumas dicas!

Que tal um banho a dois?

Independentemente de você estar em um relacionamento ou não, é sempre bom passar um tempo com o parceiro debaixo da água quente! Desvie a atenção dele: esse momento pode ser muito excitante e dar margem para carícias, massagens, beijos molhados…

Vai ser ao mesmo tempo divertido e sexy! Para quem gosta, é a hora de usar óleos, ensaboar o parceiro, massagear o seu corpo, o pênis…

Você vai querer devorá-lo inteiro depois!

Para dar certo, é preciso gostar de fazer

É muito difícil fazer algo bem quando não gostamos ou, pior, quando isso nos repulsa… Para o sexo oral, é a mesma coisa: seu parceiro sentirá mais prazer se ele ver que você realmente sente prazer também!

Portanto, a primeira regra é: nunca se force. É melhor esperar pelo dia em que você estará pronta(o) do que ter uma péssima experiência fazendo o que não quer. 

Então… Como gostar de praticar o sexo oral em homens quando o próprio ato assusta ou quando a pessoa tem medo de fazer “errado”?

A psicologia do sexo oral

O primeiro fator é psicológico: você deve desejar o seu parceiro. E esse desejo não se limita apenas ao pênis dele… Você deve desejá-lo como um todo!

Em outras palavras: você não deve fazer um oral nele apenas para agradá-lo. Você mesma(o) deve sentir prazer em conceder isso a ele.

Por isso que o desejo, a atração e a sinceridade são necessários: não estamos falando necessariamente de amor, apenas de atração física e psicológica.

Pode ser que haja parceiros, situações, lugares propícios para estimular o seu desejo…

Como não perder a ereção na hora de colocar a camisinha? [Vídeo]

Problemas de ereção quando se coloca o preservativo é muito comum. “Brochar” no momento de por a camisinha infelizmente acontece mais do que esperamos, e os motivos podem ser vários: desconcentração, ansiedade, nervosismo, etc. Mas como por a camisinha sem passar por um problema de ereção? Pode ser necessário um medicamento para disfunção erétil? Entenda!

Sexo oral: como deixar o homem à vontade?

Bem, agora que o seu parceiro está limpo e você deseja dar prazer a ele, nós vamos passar a você todas as técnicas para fazer um sexo oral de sucesso!

Aproveite todo o corpo dele!

Existem muitas zonas erógenas no corpo masculino, não apenas na região genital. As palavras e a atitude em geral certamente já irão influenciar a excitação do seu parceiro.

Tenha em mente que sua atitude em geral surtirá efeitos psicológicos em seu parceiro e, portanto, irá influenciar até a ereção dele!

Acaricie o pênis, claro, mas também os testículos, brinque com sua língua pelo pescoço. Você pode mordiscar a orelha também, passar suas mãos sobre ele… Resumindo: divirta-se e deixe a excitação acumular aos poucos!

Você não precisa ir direto aos órgãos sexuais! Claro, às vezes é muito bom ir direto ao ponto; o segredo é saber controlar a excitação do seu parceiro.

Para descobrir isso, basta observar as reações dele quando você o acaricia ou o beija, ou tenta excitá-lo de outras formas! O mesmo vale para se você for tentar uma abordagem mais rápida.

Comece com as mãos

Considerando que você queira ir aos poucos, você vai precisar usar suas mãos!

Comece acariciando a base do pênis com o polegar e o indicador e depois solte: você pode repetir esse gesto algumas vezes, subindo a mão lentamente e observando as reações do seu parceiro.

À medida que você for avançando, continue acariciando todo órgão sexual dele. Alterne os movimentos com as mãos, a velocidade e toque as diferentes regiões do pênis. Por exemplo, acaricie também o prepúcio ou a glande, tocando com delicadeza, e depois volte com a mão mais para baixo.

Você também pode estimular o pênis com as duas mãos ou alternar entre elas. Mantenha as mãos firmes, mas não tanto – você precisa sentir o pênis dele reagir aos seus toques!

Enfim, não estimule apenas o pênis, mas também toda a região: o saco escrotal, o períneo, todos os pontos mais sensíveis!

Utilizando a boca

Todos esses estímulos tinham a função de deixar seu parceiro o mais excitado possível antes do momento crítico!

Às vezes, porém, ir direto ao ponto e colocar o pênis na boca pode ser igualmente excitante para os dois: o homem, surpreendido, verá a sua excitação aumentar enquanto a(o) parceira(o) o estimula com oralmente.

Alguns conselhos, então:

  • Você pode começar a acariciar com a língua a virilha do seu parceiro, sem colocar diretamente o pênis dele na sua boca. Vá subindo e descendo ao longo do membro, deixando-o cada vez mais excitado e querendo mais.
  • Passe a língua também pelo saco escrotal, pelo períneo… Lamba a glande ou o freioregiões extremamente sensíveis.

Finalmente, você pode colocar o pênis dele na boca quando perceber que ele não está mais conseguindo se controlar! Em um movimento de sucção e de ir e vir, sua boca deve acompanhar a forma do pênis, envolvendo-o da melhor forma possível, semelhante ao que faz a vagina.

Basicamente, quanto mais sucesso você tiver em reproduzir as sensações da penetração, mais bem sucedido será o sexo oral nele.

Além disso, você pode brincar com a língua, alternar entre ritmos diferentes, retornar à masturbação… O sexo não deve ser somente oral e linear! Tente colocar todo o membro de seu parceiro dentro da boca se você puder (e quiser): muitos homens adoram!

É necessário saber alternar entre os prazeres e estímulos.

O pênis deve estar sempre bem lubrificado!

Aqui, mais uma vez: imagine a sensação que um homem tem ao penetrar a(o) parceira(o). Tanto no caso da penetração vaginal como da penetração anal, a lubrificação é essencial para o prazer e para evitar acidentes.

A importância do diálogo e de escutar o parceiro

Nem todos os homens gostam necessariamente de falar durante o sexo, mas não há nada de errado em perguntar a seu parceiro se ele está gostando do que você está fazendo. Além disso, só de você observar bem as reações dele, você já deve perceber o que ele gosta ou não.

Há homens que não vão deixar de te responder ou de te dizer o que eles gostam, preferem, etc. (mas lembre-se: só faça o que te dá prazer também)!

Muitos homens gostam de carícias no saco escrotal, mas isso não é algo indispensável para um sexo oral de sucesso! Assim como alguns homens também gostam de estímulos na próstata ao mesmo tempo, enquanto outros não curtem nada disso.

Para esse tipo de prática, é melhor conhecer um pouco seu parceiro ou saber bem como julgar as reações dele (quando você toca em certos pontos ou regiões, por exemplo).

O objetivo é sentir prazer e se divertir!

Seu parceiro ficará ainda mais excitado ao ver que você está se divertindo e sentindo prazer também.

Descubra as áreas mais sensíveis do pênis, do corpo dele: experimente! Os homens são muito diferentes uns dos outros! Você também pode avisar a ele que você está gostando: aplicando leves pressões, através de palavras, de gemidos, etc.

É sempre bom para um homem sentir o quanto você deseja o corpo dele.

Como fazer ele gozar?

Você pode muito bem fazer um bom sexo oral, sentindo e dando muito prazer, sem fazer o homem ejacular!

Mas existem algumas técnicas que você pode utilizar para fazer ele atingir o orgasmo durante o oral. Há várias estratégias e às vezes elas funcionam especificamente para certos homens. No entanto, há coisas que certamente todos os homens parecem gostar:

Domínio, controle e respeito

  • Por exemplo: brincar com a excitação dele. Sinta o momento em que ele parece estar próximo da ejaculação, interrompa um pouco os seus movimentos, desacelere, deixe a excitação diminuir um pouco… Isso o deixará louco!
  • Durante o sexo oral, conforme você acelera o ritmo, você vai sentir também o pênis dele reagir. Saiba como adaptar os seus movimentos, as suas carícias (com a boca e com as mãos) em todas as zonas erógenas. Você vai adivinhar os sinais de que o ponto sem retorno do seu parceiro se aproxima.
  • Não tenha medo ou nojo do esperma: é um reflexo natural do corpo masculino. Se ele percebe que você não gosta desse momento, corre-se o risco da excitação dele cair de repente.

É melhor garantir um bom sexo oral sem fazer o homem ejacular do que ficar com aversão à ejaculação. Claro que as coisas também podem mudar em função da experiência ou do parceiro.

  • Escolha onde você quer que ele ejacule. Esse é um fator muito importante independentemente de você sentir desejo pelo esperma ou não. Pode ser agradável para alguns homens ejacular na boca da(o) parceira(o), mas isso não é de forma alguma algo obrigatório!

Algumas pessoas engolem a ejaculação, outras preferem cuspir em outro lugar ou beber um copo de água… Mas é claro que você pode fazer o homem ejacular em outro lugar e não na sua boca: ele vai sentir prazer da mesma forma!

Todas essas coisas se descobrem com o tempo e com os parceiros, o truque é não se deixar surpreender por esse momento.

Se não conseguir levá-lo ao orgasmo, não tem problema!

Antes de mais nada, ele certamente terá tido muito prazer – sem contar que o próprio sexo oral já é um ato generoso de intimidade!

Além disso, é muito comum que um parceiro (na maioria das vezes a mulher, em uma relação heterossexual) não tenha um orgasmo durante a relação sexual.

Portanto, é normal que o sexo oral não termine necessariamente com uma ejaculação. É simplesmente algo a mais, se você conseguir ou se quiser fazer ele chegar lá. Alguns homens também não gostam de ejacular durante o oral e se contêm. Resumindo: descarte a ideia de que o sexo oral sem ejaculação é ruim!

Conclusões

De modo geral, o sexo oral é uma prática muito apreciada pelos homens. 

Somente a experiência vai te ensinar o que é que você acha de fazer sexo oral em homens: se você gosta ou não. Mas esperamos ter dado a você algumas dicas importantes para desmistificar essa prática!

Por fim, não esqueça que o sexo oral também traz riscos e pode transmitir ISTs. Por isso, recomenda-se o uso do preservativo quando não se está em uma relação fixa e estável.

Consulte um médico especializado em sexualidade na Omens

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada ao homem. Ela reúne médicos urologistas e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

A plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade. A consulta online pode ser feita por mensagens, pelo celular ou por videochamada, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista
  • Agende uma consulta para o dia seguinte! (no Brasil, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial sobre problemas sexuais com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *