Disfunção erétil aos 60 anos: sintomas, causas, soluções

a disfunção erétil é até bastante comum aos 60 anos de idade
BLOG OMENS / Ereção
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

1 de julho 2021

Depois dos 50, começam a aparecer algumas dificuldades no sexo: libido baixa e disfunção erétil em primeiro lugar. E, aos 60 anos, a disfunção erétil é mais comum: 1 a cada 2 homens sofrem com algum problema de ereção.

Mas a boa notícia é que, dentre os problemas sexuais, a disfunção erétil é a que mais apresenta possibilidade de tratamento, desde o advento dos inibidores da PDE5.

Consulte online um urologista para receber um diagnóstico médico e tratamento!

Por que a disfunção erétil é mais comum aos 60 anos?

Os problemas de ereção são, de fato, mais comuns nos homens a partir dos 60 anos de idade. Esses casos estão geralmente ligados ao envelhecimento do corpo. Os primeiros sintomas são: dificuldade em conseguir uma ereção ou uma ereção que dura menos tempo (ou que não é tão firme).

Mas isso está longe de ser uma fatalidade! Mesmo porque esses problemas estão cada vez mais fáceis de tratar.

Na verdade, a pergunta que você pode se fazer é: isso está atrapalhando a minha vida sexual? Se a resposta for sim, você pode, então, conversar sobre isso com um médico para verificar se é uma disfunção erétil ou outra condição e receber tratamento.

Sabemos que o problema afeta também o ego masculino e não é nada legal, mas é um problema comum à medida que os anos passam… e não são só os mais velhos que são afetados por problemas de ereção.

Portanto, não há do que se envergonhar!

É até triste que essas questões ainda sejam um tabu, pois muitos homens acabam não buscando tratamento. Eles preferem perder em qualidade de vida em vez de procurar soluções.

Podcast: tudo sobre disfunção erétil [Omenscast #12]

No nosso 12º episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai falar sobre os diferentes tipos de disfunção erétil, das suas causas, medicamentos e outros tipos de tratamentos. A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

As causas da disfunção erétil aos 60 anos: doenças crônicas e outras ocorrências

As doenças crônicas são as principais causas da disfunção erétil aos 60 anos. Dentre elas, podemos citar, por exemplo:

  • diabetes;
  • hipertensão arterial;
  • problemas cardiovasculares;
  • doenças neurológicas crônicas;
  • doenças do sistema digestivo;
  • câncer
  • doenças reumáticas, etc.

Todas essas doenças podem dificultar ou alterar o funcionamento adequado das artérias necessárias à ereção. E, além disso, como causam dor ou desconforto, podem provocar problemas sexuais de modo geral.

Portanto, recomendamos a você consultar um urologista para receber tratamento médico.

Por fim, certos acidentes ou eventos mais pesados (como um AVC ou uma cirurgia na próstata) também podem provocar problemas.

O seu estado de saúde (física e mental) são fatores importantes para a manutenção da ereção, da excitação e da libido. É por isso que os médicos recomendam tratar primeiro essas doenças antes de tratar de problemas sexuais.

Disfunção erétil tem tratamento: não espere para procurar ajuda!

Consulte médicos urologistas, especialistas em saúde sexual masculina: por celular, chat online ou vídeo e a partir de R$ 69.

Você também pode obter sua receita médica e pedir para receber em casa os seus medicamentos ou tratamentos manipulados.

Agendar Teleconsulta

e receber ajuda profissional!

Acúmulo de fatores que causam disfunção erétil aos 60 anos

Provavelmente esta é a causa mais comum: o acúmulo de fatores relacionados aos hábitos e estilo de vida da pessoa; são aspectos que podem alterar a ereção e acabar piorando a situação.

Podemos citar como fatores, por exemplo:

  • o tabagismo;
  • o excesso de peso;
  • a falta de atividade física.

Todos esses aspectos influenciam a capacidade das artérias e, portanto, podem prejudicar o funcionamento da ereção.

Por fim, há certos casos em que percebemos apenas fatores psicológicos afetando a sexualidade do paciente, como: estresse, conflitos familiares, problemas dentro do relacionamento, etc.

Não deixe de pedir ajuda a um médico especializado e adotar um estilo de vida mais saudável (em relação a sono, alimentação, atividades físicas, etc.).

Como os problemas de ereção podem se desenvolver com o passar dos anos [Vídeo]

Muito se pensa que a disfunção erétil só ocorre com homens mais velhos. Mas a disfunção erétil em jovens já está muito presente. Você sabe quais são os fatores desses problemas de ereção? A evolução da disfunção erétil: sintomas, tratamento, e até como a disfunção erétil psicológica evolui? Entenda.

Há soluções, mesmo aos 60!

A sua vida sexual não precisa parar com a idade!

Isso é um preconceito que a sociedade propaga, e que diversos idosos acabam acreditando, mas não é verdade! Na realidade, os homens da terceira idade podem ter uma sexualidade ainda mais satisfatória, desde que estejam em boa saúde física e mental.

E, mesmo que os problemas de ereção apareçam, os tratamentos de agora estão adaptados a cada indivíduo. É possível resolver os problemas físicos e mentais e, ao mesmo tempo, tratar com medicamentos eficazes.

Um urologista irá primeiro identificar as causas do problema sexual, principalmente as causas físicas. Essas preocupações geralmente são consideradas primeiro, antes de se tratar também as dificuldades psicológicas (caso houver).

Ao mesmo tempo, pode-se prescrever uma medicação que auxilie no funcionamento da ereção e viabilize o retorno a uma vida sexual prazerosa. Dessa forma, caso os bloqueios sejam psicológicos, recuperar as ereções também ajuda a tratar o problema.

Tudo o que você tem que fazer é consultar um médico especialista, mesmo porque um problema de ereção também pode esconder outras doenças.

Conclusão: não fique parado sofrendo sozinho!

Você ainda tem muitos anos felizes a viver! Então, não se isole com um problema de ereção que só tem a incomodar.

Às vezes é difícil compreender sozinho as causas de uma disfunção erétil e encontrar soluções.

Peça a ajuda de um médico urologista: ele lida diariamente com essas dificuldades e vai saber o que é melhor para o seu caso!

Fontes

Consulte um médico especializado em sexualidade na Omens

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada ao homem. Ela reúne médicos urologistas e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

A plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade. A consulta online pode ser feita por mensagens, pelo celular ou por videochamada, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista
  • Agende uma consulta para o dia seguinte! (no Brasil, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial sobre problemas sexuais com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *