Glande sensível: como tratar a ejaculação precoce

Uma berinjela coberta em líquido esbranquiçado: a glande sensível pode ser uma das causas da ejaculação precoce
BLOG OMENS / Ejaculação precoce
logo da Omens
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

16 de abril 2022

Apesar de ainda não conhecermos as causas exatas da ejaculação precoce (elas variam de uma pessoa para outra), é possível trabalhar a excitação, as sensações e consequentemente a ejaculação. E uma glande bastante sensível pode ser uma das possíveis causas (dentre outras) da ejaculação precoce.

Desde o surgimento dos inibidores seletivos da recaptação da serotonina (SSRIs) e de diversos tratamentos tópicos, hoje em dia a ejaculação precoce é um problema que pode muito bem ser tratado.

Glande: a parte mais sensível do pênis

Já adiantamos uma coisa: existe uma crença de que a ejaculação precoce está relacionada a uma hipersensibilidade da glande. Porém, há pouquíssimas pessoas que possuem realmente um aumento da sensibilidade na glande peniana (que já é um local sensível normalmente).

Geralmente a ejaculação precoce tem uma origem mais profunda, que pode ser tratada com medicamentos e/ou com terapias ou treinamentos psicológicos e sexuais.

Então, embora talvez você encontre aí pela internet muitas informações vindas de “coachs” sexuais, dizendo que a ejaculação precoce acontece por causa da alta sensibilidade, a verdade é que cientificamente não há muitas informações que comprovem a existência dessa super sensibilidade na glande. Aliás, é muito difícil dizer o que é uma glande muito sensível ou não.

No entanto, existem alguns jeitos de você detectar se possui mesmo uma glande peniana mais sensível que o normal. Você pode testar, por exemplo:

  • sprays que dessensibilizam a glande
  • preservativos retardantes, que contêm uma substância que adormece ligeiramente a glande

Perceba se essas medidas ajudam. Ainda assim, é preciso lembrar que raramente elas são soluções definitivas. É recomendável conversar com um profissional.

Sensibilidade no pênis [Omenscast #13]

No décimo terceiro episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai abordar essa dificuldade comum entre os homens, que é sentir que o pênis é sensível demais (ou muito pouco sensível!) aos estímulos. Temos alguma solução para isso? Acompanhe o nosso podcast! A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

Ejaculação precoce e glande sensível: melhor tratar com exercícios ou remédios?

A ejaculação precoce afeta algo entre 20 e 30% da população masculina. Além disso, 60% dos homens gostariam de ejacular mais tarde. Aliás, estamos falando do principal problema sexual de homens com menos de 30 anos de idade!

Há várias causas para o problema, elas podem ser psicológicas, comportamentais, neurobiológicas e até genéticas, por exemplo.

Há algum tempo, os inibidores da recaptação da serotonina (SSRI) revolucionaram o tratamento da ejaculação precoce; além disso, hoje em dia, também temos as abordagens que focam em técnicas corporais.

A questão é que, a longo prazo, essas técnicas são melhores para tratar a ejaculação precoce. Nesse sentido, pode-se trabalhar as diferentes abordagens em conjunto e não necessariamente ter de escolher entre uma ou outra.

Hoje você encontra terapias intensivas que combinam exercícios mentais e físicos para homens que sofrem de ejaculação rápida. O Programa CONTROL é um deles.

O treinamento foi desenvolvido pelo médico urologista João Brunhara (USP/Hospital Israelita Albert Einstein) e é composto de 90 dias de aulas por vídeo e 2h20 de conteúdo. São 13 técnicas divididas em 9 etapas de 10 dias, com o acompanhamento e o apoio diário de uma equipe de médicos especialistas!

Glande sensível: tratamentos medicamentosos

Podemos tratar de várias formas uma glande hipersensível, caso você desconfie que ela seja uma das possíveis causas físicas da ejaculação precoce. Os inibidores seletivos da recaptação da serotonina são o método mais comum.

Originalmente era um tratamento para a depressão, mas mais tarde se descobriu que tais medicamentos também retardam a ejaculação. Dentre os antidepressivos, temos, por exemplo: a paroxetina, a clomipramina, a sertralina e a fluoxetina.

Os efeitos podem ser sentidos após uma semana, mas podem diminuir após 6 a 12 meses. Geralmente (com exceção da dapoxetina) se recomenda administrar o medicamento em doses diárias, dessa forma, não há necessidade de programar as relações sexuais.

Então, surgiu um novo SSRI: a dapoxetina. Ela começa a fazer efeito em pouco tempo e ainda possui a vantagem de não provocar efeitos antidepressivos.

Tratamentos tópicos

Há uma alternativa aos medicamentos de uso oral no tratamento da ejaculação precoce: são géis, cremes ou sprays, como a lidocaína e a prilocaína. Esses anestésicos locais são aplicados no pênis e na glande a fim de diminuir a sensibilidade no local.

Esses tratamentos têm a vantagem de diminuir a sensibilidade e, na dosagem correta, não diminuir o prazer, a excitação ou a qualidade da ereção. Deve-se, então, aplicar o spray ou creme de lidocaína no corpo do pênis e na glande de 20 a 30 minutos antes do sexo.

Independentemente de ser um medicamento SSRI ou um tratamento tópico, consultar um médico especializado é essencial para determinar qual a dose a ser tomada.

Quais são as causas da ejaculação precoce? [Vídeo]

Entender a ejaculação precoce e suas causas, ou seja, os possíveis motivos para você passar por um problema de ejaculação é essencial para entender, também, como evitar a ejaculação precoce.

Exercícios corporais

Nos últimos anos, surgiram algumas terapias sexuais que focam em trabalhar o corpo

A estratégia das terapias corporais é primeiro identificar quais são os problemas sexuais (a ansiedade e as preocupações masculinas, por exemplo). Elas se baseiam, então, em exercitar com regularidade certos músculos do corpo, utilizando o próprio espaço físico disponível – técnica presente em outras práticas esportivas, como as artes marciais e as danças.

Esses exercícios e essa abordagem têm como objetivo possibilitar ao paciente administrar melhor a sua excitação sexual do ponto de vista fisiológico, sem perder de vista o seu próprio prazer.

Para isso, então, será necessário analisar as reações fisiológicas da excitação sexual e os fatores psicológicos e emocionais.

Uma abordagem como a CONTROL permitirá, portanto, que um homem controle sua excitação e a canalize, ao mesmo tempo em que ele se permite aproveitar a relação sexual e alcançar o orgasmo.

Os últimos 20 anos demonstraram que esse tipo de terapia pode ser muito eficaz, com resultados definitivos, mesmo que em um espaço relativamente curto de tempo (90 dias).

Conclusões

Explicamos de maneira simples alguns dos diferentes tratamentos existentes para a ejaculação precoce, principalmente quando se tem uma glande bastante sensível.

Procure o auxílio de um médico especializado na área para avaliar seus sintomas e escolher o melhor tratamento para você.

Independentemente se forem exercícios práticos (como parte de uma terapia comportamental e cognitiva) ou um tratamento medicamentoso, um urologista será capaz de ajudar você a encontrar a melhor solução!


Referências

Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

2 comentário(s) sobre “Glande sensível: como tratar a ejaculação precoce

  1. Felipe says:

    Que tipo de exame é feito para saber se a sensibilidade é de ordem psicológica (99% dos urologista dizem) ou de ordem física e ou genética (01%)?
    Obrigado!

    • Dr. João Brunhara says:

      Não existe um exame para isso, Felipe. Mesmo porque normalmente nos dois casos o tratamentos são feitos da mesma forma: treinamento para ajudar nos fatores psicológicos, que podem contar com a ajuda de remédios que auxiliam a diminuir o estresse e a sensibilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *