10 dúvidas frequentes sobre disfunção erétil

pimentas ressecadas, murchas, lembrando pênis com disfunção erétil
BLOG OMENS / Sexualidade
logo da Omens
Escrito por

Seth Zanette

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

1 de agosto 2022

É comum existirem dúvidas por parte de homens e mulheres sobre a disfunção erétil: o que se deve fazer quando o parceiro passa por isso? Qual médico procurar? Como superar a situação?

Aqui, você encontrará as respostas certas e poderá deixar a sua dúvida!

Nesse artigo a Omens vai responder as 10 dúvidas mais comuns dos usuários da plataforma e daqueles que comentam aqui no blog. Acompanhe e não deixe você também de ter a sua pergunta respondida.

1. O que acontece quando o homem não “levanta”?

A disfunção erétil, assim como outros problemas do nosso corpo, pode ter causas tanto físicas quanto psicológicas/mentais. E assim como tantos outros problemas, também pode ser superada através de tratamento. 

Quando o homem não “levanta” pode ser que a causa seja algo físico, como, por exemplo:

  • problemas na circulação sanguínea;
  • saúde hormonal;
  • obesidade e sobrepeso;
  • alterações morfológicas do pênis que impedem a ereção ou tornam a ereção dolorosa;
  • problemas cardiovasculares.

…entre outras tantas condições de saúde que podem afetar o corpo.

Mas também pode haver algo psicológico, mental, que esteja afetando o desejo sexual ou o ato sexual em si. 

2. Com que idade o homem começa a “falhar” ou “perder a potência”?

Podemos dizer que após os 50 anos existe uma chance maior de disfunção erétil. Isso por uma série de questões, por exemplo: baixa hormonal, uso de medicamentos controlados ou até mesmo o declínio normal das funções do corpo. 

Lembrando, no entanto, que a disfunção erétil pode atingir desde homens muito jovens até quem já está em pontos mais avançados da vida. Portanto, não existe uma idade certa para se começar a “falhar”. Pode acontecer em qualquer idade, exatamente por não se tratar de um problema exclusivamente relacionado à saúde do corpo, mas também à saúde psicológica.

10 verdades sobre o Viagra [Omenscast #29]

No nosso 29º episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai apresentar algumas curiosidades e informações úteis para você que faz uso do Viagra (ou genérico, ou de marca), recebeu prescrição ou está pensando em tomar o medicamento. A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

3. O que dizer para um homem que “broxou”?

Quando a disfunção erétil acontece bem na hora H, a situação pode ser bastante complicada tanto para a/o parceira/o quanto para quem sofreu com o problema de ereção. Antes de tudo, não faça piadas ou caçoe da pessoa. Mas também não faça da situação um martírio. O ideal é tratar do assunto normalmente e respeitar o momento do parceiro.

Se ele não quiser falar sobre no momento, fale sobre o assunto outra hora, de maneira casual. Aliás, aqui na Omens temos uma publicação dedicada a entender como levar o assunto com o seu parceiro. Vale a pena dar uma olhada clicando aqui.

4. Qual remédio para pressão alta não causa impotência sexual?

Existem remédios para a pressão alta que podem levar até a disfunção erétil, basicamente porque eles afetam a pressão sanguínea e a circulação. Entretanto, não há como prever como cada remédio para pressão vão surtir efeito em cada organismo.

Exatamente por isso pode ser que um remédio para pressão alta cause disfunção erétil em um indivíduo e, em outro, não. Sabemos que os diuréticos tiazídicos (como hidroclorotiazida) e os beta-bloqueadores (como atenolol) têm uma chance maior de provocar disfunção erétil do que outras classes de medicações para pressão.

O ideal é conversar com o médico responsável pelo seu caso para a troca do medicamento, caso ele esteja provocando impotência sexual ou outros problemas.

5. Como deixar o homem mais “potente”, com a ereção mais forte?

Existem diversos tratamentos para melhorar a ereção, desde medicamentos, até terapias, hábitos saudáveis etc. O que determina qual o melhor deles para o seu caso é uma consulta com um médico urologista e a descoberta do que está causando uma ereção fraca.

6. Quais os alimentos que melhoram a circulação peniana?

Os hábitos saudáveis e a alimentação têm papel fundamental para uma boa vida sexual. Para aumentar a circulação de sangue no pênis, o ideal é evitar alimentos com muito sal, açúcar e gordura. Esses alimentos afetam diretamente a circulação do corpo.

7. Qual o efeito do citrato de sildenafila?

O citrato de sildenafila aumenta o fluxo sanguíneo do corpo em direção ao pênis, ajudando assim a ereção a acontecer ou deixando-a mais firme. É importante lembrar que o citrato de sildenafila funciona apenas se houver desejo sexual e excitação.

8. Quanto tempo dura o efeito da tadalafila 5mg?

A tadalafila 5mg é de uso diário, portanto seu efeito dura 24 horas até uma dose nova ser ingerida. A dose menor de tadalafila pode ser útil para quem possui problemas como pressão alta e diabetes.

Além disso, os efeitos colaterais também são menores.

9. Quanto tempo dura o efeito da tadalafila 20mg?

A tadalafila 20mg tem maior duração do que a de 5mg: os efeitos podem ser mantidos de 36h até 3 dias, dependendo do organismo. Os efeitos da tadalafila 20mg são mais intensos, mas também há mais efeitos colaterais.

“Falhas” na cama: como gerenciar (e evitar) a situação [Vídeo]

A famosa “broxada”, ou “falha” na hora H é um problema de ereção em um momento específico, que acontece com muitos homens ao longo da vida. Todo homem, que faz sexo já passou por aquele momento em que pensou “broxei”, não é? Mas isso é, necessariamente, um problema de disfunção erétil? E como superar essa questão? Como driblar problemas de falta de ereção? Como manter a ereção por muito tempo? Afinal, como melhorar a ereção? Enfim, como não broxar? Entenda tudo nesse vídeo.

10. Quais as vantagens e desvantagens da prótese peniana?

A prótese peniana é um dos tratamentos possíveis para quem sofre de disfunção erétil refratária ao tratamento com medicações.

São duas próteses possíveis, sendo que uma delas é o implante semirrígido ou maleável. Dentre suas vantagens podemos citar, por exemplo:

  • procedimento rápido e simples
  • risco baixo de infecções
  • simples de usar: só tem que posicionar o pênis como desejar
  • valores: tem custos menores, sendo coberto por boa parte dos convênios e está disponível até em alguns hospitais do SUS
  • menores riscos de defeitos a longo prazo

E a principal desvantagem, enfim, é que o implante permanece sempre rígido, mesmo quando se abaixa manualmente o pênis.

Em segundo lugar, há o implante inflável com 4 volumes. As principais vantagens são:

  • é possível deixar o pênis flácido
  • e possui utilização simples

E as principais desvantagens são:

  • a bomba é às vezes visível e palpável através da bolsa escrotal
  • há possíveis vazamentos ou mau funcionamento da bomba
  • por fim, é bem mais cara do que o implante semirrígido

Conclusão

E aí, sua dúvida foi respondida? Não? Então deixe nos comentários que vamos responder aqui tudo o que você precisa saber sobre a disfunção erétil.

E fica uma dica: aqui no blog da Omens temos muitos outros assuntos sobre sexualidade masculina e feminina. Vale dar uma olhada e saber se já não respondemos sua dúvida em uma das nossas publicações.


Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *