Omenscast #18: Quando procurar um andrologista

Omenscast, o minicast da sua saúde sexual: hoje falaremos sobre o médico andrologista
BLOG OMENS / Sexualidade
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

10 de agosto 2021

No nosso 18º episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai esclarecer todas suas dúvidas sobre a andrologia e o trabalho do andrologista. Queremos ajudar você que está procurando a orientação de um especialista!

Seja bem-vindo ao blog da Omens e fique à vontade para ouvir o nosso podcast! A transcrição do áudio também está logo abaixo.

Se você chegou até aqui você está interessado em saber mais sobre uma especialidade médica que é relativamente pouco conhecida do público: a andrologia. Mas então, o que é um médico andrologista? Qual a diferença do andrologista para o urologista? Quando devo procurar um andrologista? Vamos explicar sobre isso e muito mais.

Olá, eu sou João Brunhara, médico urologista, e esse é o podcast da Omens sobre saúde sexual masculina.

Bom, primeiro vamos para as definições mais básicas que talvez você já conheça do nosso podcast sobre urologia.

A urologia é a especialidade médica e cirúrgica que cuida de todos os órgãos do trato urinário, sejam de homens ou mulheres, e também dos órgãos sexuais masculinos.

Certo, então:

O que é a andrologia?

Andrologia é a especialidade que cuida especificamente da saúde sexual e reprodutiva masculina. Ou seja, a relação entre urologia e andrologia é uma questão de subespecialização, isto é, a andrologia é uma área dentro da urologia. Uma prova disso é que não existe uma sociedade brasileira de andrologia, mas sim um departamento de andrologia dentro da sociedade brasileira de urologia.

Até por isso, nem sempre você vai ver um urologista se identificar como andrologista, ainda que ele cuide também dos mesmos problemas. Afinal, não existe um título formal e regulado de especialista nessa área. Basicamente você precisa garantir que esteja se consultando com um urologista de boa formação, e de preferência com título de especialista pela sociedade brasileira de urologia. 

E também existem algumas dúvidas que surgem sobre a relação com outras especialidades. Por exemplo, endocrinologia e andrologia: qualquer uma das duas podem cuidar da testosterona e da parte hormonal masculina, e essa intersecção acontece porque a endocrinologia é a especialidade que cuida de hormônios. 

Uma outra dúvida que surge mas que não tem tanto a ver assim é entre proctologia e andrologia. A proctologia cuida do reto e do ânus. Apesar de os órgãos ficarem próximos, cada especialidade cuida de uma parte diferente. Provavelmente o que causa essa dúvida é que esses 2 especialistas podem fazer o toque retal; mas, enquanto o proctologista estará mais focado em pesquisar hemorroidas ou alterações do próprio reto ou ânus, o andrologista faz o toque retal buscando avaliar a próstata

Quando devo procurar um andrologista?

E, então, quando procurar um andrologista? Basicamente estamos falando da saúde sexual e reprodutiva do homem. Portanto, por exemplo, qualquer problema de fertilidade masculina deve ser acompanhado por um andrologista.

Por exemplo, um casal na faixa dos 30 anos que está tentando engravidar há 1 ano e não consegue. A mulher precisa ser avaliada por um ginecologista, e o homem precisa ser atendido por um andrologista ou urologista. Nesse caso, o médico pedirá um exame do esperma (e talvez, dependendo dos resultados, mais alguns exames de sangue, ultrassom, entre outros). E a partir disso, ele irá concluir se existe algum problema nos testículos, nas vesículas seminais, canais deferentes, hormônios ou mesmo uma alteração genética que cause um problema de fertilidade. 

Mas nem sempre estamos falando de problemas de fertilidade. Pode ser algo sobre a saúde sexual como um todo, como disfunção erétil, ejaculação precoce, ou queda de libido.

Por exemplo, um homem com 25 anos, com episódios de falhas repetidas na ereção e uma falta de confiança para iniciar um ato sexual precisa de acompanhamento com andro ou urologista – e muitas vezes também de um seguimento psicológico.

Já um homem na faixa dos 40 anos de idade, que está ganhando peso, com falta de energia e perda da libido, precisa de uma consulta com um andro ou urologista, uma avaliação hormonal com exames de sangue e de receber um tratamento específico. 

Como é uma consulta com um andrologista?

Basicamente segue o roteiro de uma consulta como as outras, o médico vai fazer um questionário sobre o problema que te fez procurá-lo, vai perguntar sobre todos seus antecedentes gerais e de saúde sexual, vai examinar e pedir exames conforme julgar necessário, de acordo com cada caso. E, por fim, uma pergunta prática que muitas pessoas fazem:

Quanto custa uma consulta com andrologista?

Aqui a resposta é: depende. Existem clínicas de andrologia em endereços e instalações sofisticadas, que naturalmente têm um preço mais alto. Porém existe uma grande variação de preços e hoje em dia é possível se consultar até com um andrologista online através de teleconsultas.

Se você tem algum problema sexual ou de fertilidade, não fique guardando para si mesmo e procure ajuda, buscando um urologista especializado, ou andrologista. Muitas vezes as soluções são mais fáceis do que você imagina.

Se você ainda tem dúvidas ou comentários, continue essa conversa nas nossas páginas: no Instagram, Facebook, Youtube, ou no blog. Vejo você lá!

Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

Agendar Teleconsulta

e iniciar tratamento já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *