Quais são os estimulantes sexuais mais comuns?

Apesar de a ideia de um estimulante sexual masculino natural parecer boa, a triste notícia é que a maioria não funciona
BLOG OMENS / Outros produtos
logo da Omens
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

1 de dezembro 2021

A internet está cheia de sites vendendo “estimulante sexual”: a verdade é que existem cápsulas que realmente podem ajudar a pessoa interessada, mas infelizmente muitos desses “produtos naturais” são de qualidade duvidosa e não há provas de que funcionem.

Estimulante sexual masculino e NATURAL: é possível?

Na realidade, em geral, a eficácia dos alimentos afrodisíacos já é menor do que muitos preferem acreditar, pois poucos estudos comprovam o seus efeitos sobre a sexualidade.

No entanto, se estivermos falando de consumo de vegetais, raízes, frutos, ervas e alimentos frescos em geral, que propiciam uma alimentação saudável, ainda assim são hábitos com benefícios para a saúde e para o corpo.

Mesmo assim, vale lembrar: muitos desses estimulantes nunca substituirão tratamentos médicos e medicamentos testados e aprovados.

Em contrapartida, você deve tomar cuidado com vendedores que fazem propaganda de “resultados incríveis” simplesmente a partir de uma substância 100% natural e à base de plantas.

Aliás, para manter a libido alta, deve-se dar preferência a mudanças no estilo de vida, através de atitudes simples e evitando certos alimentos ou bebidas. 

Como melhorar naturalmente a ereção? [Vídeo]

Muitos homens se queixam da sua ereção: enquanto uns procuram por uma ereção mais forte, outros não conseguem solucionar o problema de disfunção erétil. Surgem, então, as perguntas: como manter a ereção por mais tempo? Tem como melhorar a ereção masculina naturalmente? Aliás, só atividade física, bom sono e alimentação saudável já bastam? Nesse vídeo, o Dr. João Brunhara responde a essas e outras questões.

Reequilibrando a alimentação e melhorando o condicionamento físico!

Alimentação

A dieta desempenha um papel importante dentro da sexualidade! Evite, por exemplo, comer gorduras e açúcares em excesso. Pode parecer besteira falar isso, mas a alimentação é a base de uma libido saudável.

Evite também o consumo excessivo de álcool, pois ele prejudica os tecidos musculares e a frequência cardíaca.

Também se deve evitar o cigarro, assim como o consumo de outras drogas.

Portanto, prefira uma dieta saudável e equilibrada, com alimentos ricos em zinco e fontes de vitaminas e antioxidantes.

Você pode consultar o nosso artigo que apresenta uma lista dos alimentos afrodisíacos mais famosos, mas tenha em mente que eles não fazem tudo: são apenas complementos de uma alimentação equilibrada!

Guia dos afrodisíacos [Omenscast #28]

No nosso 28º episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai explicar um pouco mais sobre os afrodisíacos: quais existem e funcionam de verdade? Se você está procurando por uma abordagem médica e detalhada sobre o que é afrodisíaco, você veio ao lugar certo! A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

Sono

Além da dieta, uma boa noite de sono é essencial para garantir o seu bem-estar e a sua condição física.

Assim como ocorre com um atleta de alto nível, manter a boa forma requer um estilo de vida saudável.

Caso tenha dificuldade para dormir, você pode preparar chás com algumas infusões de plantas que te acalmam e facilitam a chegada do sono.

O segredo para uma libido saudável também é: dormir!

A importância da prática de esportes e da meditação

Por fim, para concluir em relação ao estilo de vida e a condição física: praticar esportes também é indispensável. Os exercícios contribuem para a produção de hormônios benéficos à libido e ao bem-estar geral.

Atividades físicas regulares ajudam a aliviar o estresse e a ansiedade – eliminar tais problemas é imprescindível a uma vida sexual satisfatória.

Mas não se esqueça de que corpo e mente são uma coisa só e não negligencie a sua saúde mental! Você pode aprender a meditar para manter uma relação saudável consigo mesmo e se manter confiante.

Também não hesite em procurar acompanhamento psicológico se o estresse, ansiedade, preocupações ou outras questões estiverem te atrapalhando.

Estimulante sexual, fitoterapia, medicamento: como escolher?

Se estiver em boas condições de saúde física e mental, as dicas anteriores já são suficientes para preservar a sua libido.

Além de uma alimentação equilibrada, você pode seguir com uma fitoterapia, ou seja, um tratamento à base de plantas (que em doses corretas são seguras, mas a comprovação de seus efeitos é controversa).

Às vezes, no entanto, a queda na libido ocorre devido a uma deficiência hormonal. Pode ser uma “andropausa” (ou deficiência androgênica do envelhecimento masculino), menopausa (no caso das mulheres) ou qualquer outra causa clínica.

Exames médicos podem evidenciar uma queda na testosterona ou no estrogênio e existem tratamentos apropriados.

De todo modo, o melhor é consultar um médico especializado no assunto: um urologista, por exemplo, será capaz de determinar as soluções adaptadas caso a caso e evitar que você perca seu tempo com falsas respostas ou produtos “milagrosos” que não funcionam.

Conclusões

Em conclusão, tenha em mente que o melhor estimulante sexual é o seu estilo de vida.

Se você não tiver hábitos saudáveis, a sua libido sofrerá com isso e nenhum produto resolverá milagrosamente a situação com um estalar de dedos.

Você pode recuperar (e manter) a sua libido naturalmente através de gestos simples. Mas, às vezes, o problema pode ser clínico. Por exemplo: se for um período após uma cirurgia, se for um momento difícil da vida, se há fatores psicológicos envolvidos…

Um acompanhamento médico pode te ajudar a resolver facilmente esse problema, em vez de esperar e deixar o problema se agravar ou optar por soluções erradas.


Mais leituras

Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

4 comentário(s) sobre “Quais são os estimulantes sexuais mais comuns?

  1. Silas Silva says:

    Gostaria de ter uma consulta com urologista especialista em sexualidade masculina, estou com disfunção erétil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *