Tem como “quebrar” o pênis?

BLOG OMENS / Ereção
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

13 de abril 2021

Antes de mais nada, precisamos lembrar que o pênis é um órgão frágil… Por isso é possível quebrá-lo quando ele está ereto: chamamos popularmente isso de fratura do pênis. Aliás, dentre os traumatismos dos órgãos genitais externos, esse é o mais comum. Sua principal característica é a ruptura da túnica albugínea. Normalmente ela acontece quando o pênis está cheio de sangue, na maioria das vezes durante a relação sexual, em uma penetração “torta”. Enfim, como identificar e como tratar um pênis “quebrado”?

“Pênis quebrado”: definição

O paciente geralmente descreve uma dor intensa, seguida do pênis em estado flácido, com alteração na cor e inchaço no local.

O diagnóstico médico é feito com base na ruptura dos corpos cavernosos após um trauma no pênis ereto. Mesmo que o pênis flácido também possa sofrer algumas lesões (durante a prática de esportes, por exemplo), não se considera esses problemas como “fraturas”.

Isso porque essas lesões não são da mesma natureza e também porque não é possível quebrar um pênis mole. O membro possui uma túnica albugínea relativamente grossa, que assim o protege de uma ruptura interna sob pressão.

Por outro lado, se o pênis estiver ereto, essa túnica fica mais fina, e os corpos cavernosos, cheios de sangue, podem ceder a uma forte pressão.

A maioria das fraturas do pênis é o resultado de um movimento errado durante o sexo, quando o pênis atinge o osso púbico ou o períneo da parceira. Muito raramente, a fratura ocorre durante a masturbação ou ao se virar na cama com o membro ereto.

“Como saber se o meu pênis está quebrado”?

Geralmente o paciente diz ter escutado um estalido (um click!) no pênis ereto no momento da ruptura

A detumescência (retorno ao estado flácido) ocorre logo depois, seguida de inchaço, dor e deformação no pênis. No entanto, a intensidade da dor varia dependendo do paciente. Mas é mais o aspecto do pênis que pode parecer ruim.

Logo após a ruptura, o pênis pode parecer uma berinjela, tanto na forma quanto na cor.

Com um exame manual, às vezes o médico é capaz de detectar a área da fissura, apenas apalpando o hematoma.

Podem ser necessários outros exames, como uma ultrassonografia – ou ainda uma ressonância magnética, radiografia ou uretrocistografia. Isso para verificar se há lesões na uretra e para detalhar melhor o dano ocorrido.

Tratamento cirúrgico

O tratamento cirúrgico consiste em:

  • evacuar o hematoma
  • identificar a área da ruptura
  • desobstruir os corpos cavernosos
  • fechar as aberturas na túnica albugínea
  • e religar todos os vasos danificados.

Complicações

Embora a cirurgia (e o atendimento médico imediato) reduza o risco de complicações da fratura, aproximadamente 6 a 25% dos pacientes operados apresentam alguma sequela a longo prazo.

As principais consequências relatadas são:

O que é ereção matinal? [Vídeo]

A ereção matinal, ou seja, acordar de manhã com o pênis ereto é um fenômeno comum na vida de um homem. Mas por que isso acontece? A razão disso é tão misteriosa assim? Quais são as causas instintivas e biológicas das ereções matinais?

Conclusão

Antes de mais nada, é importante que o paciente procure atendimento médico urgentemente

O exame médico e o tratamento cirúrgico imediato são recomendados em quase todos os casos. A cirurgia reduzirá o risco de complicações, embora ela não as elimine a longo prazo.

Recapitulando, os sintomas são:

  • uma ruptura audível (estalo) no momento da lesão
  • a detumescência do pênis
  • inchaço
  • dor (que pode ser mais ou menos intensa)
  • e uma deformação no membro.

Outros sintomas raros, como sintomas urinários, por exemplo, exigem exames complementares para detectar possíveis danos à uretra.

Fontes

Consulte um médico especializado em sexualidade na Omens

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada ao homem. Ela reúne médicos urologistas e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

A plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade. A consulta online pode ser feita por mensagens, pelo celular ou por videochamada, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista
  • Agende uma consulta para o dia seguinte! (no Brasil, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial sobre problemas sexuais com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

COMENTÁRIOS SOBRE “Tem como “quebrar” o pênis?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *