Viagra: efeitos, dosagens, riscos e como tomar

mãos seguram diversas balas azuis e rosas, algumas delas se assemelham ao viagra
BLOG OMENS / Tratamentos
logo da Omens
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

7 de junho 2022

O viagra é um dos medicamentos mais conhecidos para o tratamento da impotência. Ainda assim, mesmo se falando amplamente dele, existem muitas dúvidas a respeito do seu uso.

Por isso, a Omens produziu um verdadeiro guia para você que quer saber mais sobre o viagra: quanto tempo dura o efeito do azulzinho, como tomá-lo corretamente e muito mais. Acompanhe e descubra tudo o que você precisa entender sobre esse medicamento!

Os efeitos do viagra

O viagra é um medicamento para o tratamento da disfunção erétil. Ele age aumentando o fluxo sanguíneo em direção ao pênis, para que a ereção aconteça. Isso porque a substância afeta uma enzima que para a ereção, a PDE5 (fosfodiesterase tipo 5). Quando age nessa enzima, o viagra masculino relaxa a musculatura e veias no pênis. 

Em situações normais, a PDE5 é importante como enzima que regula as funções do corpo, mas se torna um problema quando age na ereção antes mesmo dela se formar. Portanto, esse medicamento se torna essencial para ajudar a restabelecer a vida sexual de quem tem disfunção erétil

É importante lembrar também que o viagra só funciona quando há excitação sexual envolvida, ou seja, o azulzinho não funciona independentemente de qualquer situação. 

Quanto tempo demora para fazer efeito?

O viagra pode demorar de 30 minutos até 1 hora para fazer efeito. É por isso que se recomenda tomar a pílula pelo menos 1 hora antes da hora H.

Não se recomenda mais do que uma dosagem ao dia do viagra.

Efeitos do azulzinho: tempo de duração

Quando falamos em tempo de duração, o efeito pode variar de pessoa para pessoa. No entanto, calcula-se que o viagra dure no corpo, em média, 4 horas.

Isso significa que terei uma ereção por 4 horas? Não. Apenas que durante esse período o seu corpo terá a ajuda do medicamento para estabelecer uma ereção. Mas é claro que, como dissemos, a duração pode variar dependendo do estilo de vida, idade e outros fatores determinantes.

E, por fim: tomar viagra não aumenta o tamanho do pênis, ok?

10 verdades sobre o Viagra [Omenscast #29]

No nosso 29º episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai apresentar algumas curiosidades e informações úteis para você que faz uso do Viagra (ou genérico, ou de marca), recebeu prescrição ou está pensando em tomar o medicamento. A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

Cialis, Viagra: qual dura mais?

Em termos de duração, temos os seguintes dados sobre esses três medicamentos:

  • Viagra dura em média 4 horas no corpo e começa a fazer efeito em 30 minutos ou 1 hora;
  • Cialis dura por volta de 36 horas no corpo e começa a fazer efeito em 30 minutos.

Então, o Cialis tem certa vantagem por durar mais horas no corpo, possibilitando uma ingestão de doses menores, porém existem riscos maiores para quem possui problemas renais e hepáticos. Sempre consulte um médico urologista antes de tomar qualquer tipo de medicamento. O profissional da saúde especializado nesse tipo de problema te indicará a melhor dosagem e remédio para o seu tratamento. 

Preços: quanto custa o viagra “original”?

O viagra “original”, aquele que não é o genérico Citrato de Sildenafila, mas o produzido pela Pfizer, pode variar bastante de preço de farmácia para farmácia. Além disso, é necessário levar em conta o número de comprimidos e suas dosagens.

Então, colocando tudo isso em jogo, os preços encontrados foram:

DosagemCondicionamentoPreço médio
Viagra 25mg4 comprimidosR$ 75,00
Viagra 50mg1 comprimidoR$ 23,00
Viagra 50mg2 comprimidosR$ 43,00
Viagra 50mg4 comprimidosR$ 90,00
Viagra 100mg4 comprimidosR$ 136,00

O preço é um pouco salgado, mas existem os formatos genéricos do viagra. O Citrato de Sildenafila pode ser comprado por preços mais econômicos e possui a mesma forma de ação que o “original” (de referência). O que diferencia os dois é apenas a patente, que no caso do viagra, pertence a Pfizer.

O SUS distribui o Viagra “original” ou o Citrato de Sildenafila?

Não, o Sistema Único de Saúde não distribui medicamentos para tratamento de disfunção erétil gratuitamente de forma universal.

Diferenças entre as dosagens: viagra 25mg, 50mg e 100mg

Existem diversas dosagens de viagra a serem consideradas no tratamento da impotência. Mas qual delas seria a correta para o seu caso? Quem pode e deve determinar essa informação é o médico urologista. Existe uma série de fatores a serem considerados na hora de decidir a dosagem correta de viagra, visto que o histórico de doenças e a condição física da pessoa fazem parte dessa decisão. 

Então, para evitar efeitos colaterais indesejados, a Omens recomenda que você faça uma consulta antes de começar a tomar o azulzinho.

Enfim, vamos entender para quem geralmente se encaixa cada dosagem do viagra:

Viagra 25mg

O viagra de 25mg é a menor dose do medicamento. Assim, apenas se a dosagem de 25mg não der resultados como esperado, o médico aumentará a dosagem. Lembrando que a prescrição de uma dose maior de viagra masculino deve ser feita apenas pelo médico que acompanha o seu caso. 

Tomar quanto tempo antes da relação sexual? Pelo menos uma hora antes.

Quanto tempo faz efeito: em média durante 4 horas dependendo de cada caso.

Quando ele é indicado?

Como essa é a menor dosagem do viagra, ele é indicado para pessoas que sofrem de impotência moderada. Além disso, pode ser indicado para pessoas que já tomam outros medicamentos que interagem junto com o citrato de sildenafila, ou até mesmo para quem já tem outras condições de saúde que possam ser afetadas pelo medicamento. 

Viagra 50mg

Essa é, geralmente, a dosagem inicial e mais comumente recomendada. Dependendo da eficácia ou dos efeitos colaterais no paciente, o médico pode reduzir ou aumentar a dosagem. 

Tomar quanto tempo antes da relação sexual? Administrar a pílula pelo menos 60 minutos antes da hora H.

Quanto tempo faz efeito: em média durante 4 horas dependendo de cada caso.

Quando ele é indicado?

O viagra 50mg é indicado para pacientes que não possuam condições de saúde pré-existentes e que não façam uso de medicamentos que interajam com o citrato de sildenafila. No entanto, quando os efeitos colaterais são muito frequentes ou incômodos, pode ser que haja a redução para o viagra 25mg

Viagra 100mg

A maior dosagem do medicamento que pode ser consumida de forma segura. Todas as dosagens de viagra precisam de indicação médica, mas para essa a nossa recomendação é ainda mais enfática.

Uma concepção errada é que, assim que se toma a dosagem mais alta do remédio, o homem terá uma ereção instantânea. Isso não é verdade para nenhuma das dosagens que descrevemos neste artigo, incluindo a de 100mg. 

Tomar quanto tempo antes da relação sexual? Pelo menos uma hora antes.

Quanto tempo faz efeito: em média durante 4 horas dependendo de cada caso. 

Quando ele é indicado?

É recomendado para situações de disfunção erétil severa em pacientes sem nenhuma outra pré-condição de saúde que possa ser agravada pelo viagra. Isso porque, quanto maior a dose do medicamento, mais chances de efeitos colaterais surgirem.

“Falhas” na cama: como gerenciar (e evitar) a situação [Vídeo]

A famosa “broxada”, ou “falha” na hora H é um problema de ereção em um momento específico, que acontece com muitos homens ao longo da vida. Todo homem, que faz sexo já passou por aquele momento em que pensou “broxei”, não é? Mas isso é, necessariamente, um problema de disfunção erétil? E como superar essa questão? Como driblar problemas de falta de ereção? Como manter a ereção por muito tempo? Afinal, como melhorar a ereção? Enfim, como não broxar? Entenda tudo nesse vídeo.

Existe diferença entre Viagra e Sildenafil?

O viagra é o medicamento patenteado pela Pfizer, já o Sildenafil é o medicamento genérico. Ambos são bloqueadores da enzima PDE5 (fosfodiesterase tipo 5) e possuem o mesmo princípio ativo (Citrato de Sildenafila), ou seja, agem da mesma forma no corpo. Se você quer saber mais sobre o sildenafil e suas dosagens, você pode conferir nosso podcast a respeito da medicação.

Há riscos em tomar viagra?

Existe efeito colateral em todos os medicamentos, dos mais simples aos mais complexos. Portanto, quando se trata do viagra masculino, não poderia ser diferente. E quanto maior a dosagem consumida, mais riscos de efeitos adversos existem. É por isso que se torna tão essencial o acompanhamento médico. Através de consultas é possível descobrir condições pré-existentes que são agravadas pelo viagra e ajustar a dosagem de acordo com cada caso. 

Dentre os principais efeitos colaterais comuns do viagra podemos citar os seguintes sintomas:

  • queda transitória na pressão sanguínea, 
  • congestão ou corrimento nasal,
  • dispepsia, 
  • ondas de calor,
  • dor de cabeça, 
  • indigestão,
  • dores musculares ou nas costas.

Outros efeitos colaterais mais raros incluem: 

  • distúrbios na visão,
  • insônia,
  • hemorragias nasais,
  • súbita perda auditiva.

É possível cortar o efeito?

Algumas substâncias alcoólicas e drogas podem, sim, cortar o efeito do viagra. Outras drogas podem, em vez disso, potencializá-lo. Portanto, recomenda-se não consumir com bebidas alcoólicas esse medicamento. 

Além disso, para melhorar os efeitos do medicamento de forma saudável e ter ereções com mais facilidade, recomendamos:

  • não consumir toranja (grapefruit);
  • não tomar viagra depois de refeições muito pesadas;
  • e manter uma vida mais saudável e ativa.

Como devo tomar o viagra?

Siga sempre a prescrição médica, tomando apenas a dosagem que o urologista te indicou. 

Nenhuma dosagem de viagra deve ser consumida mais que uma vez ao dia. Além disso, existem certos medicamentos que não podem interagir com o citrato de sildenafila. Não deixe de consultar um médico para entender se um outro medicamento seria mais interessante para seu caso. 

Além disso, lembre-se que esse tipo de medicamento não deve ser tomado por pacientes que não possuem problemas na ereção. Nada de diferente vai acontecer e, na realidade, pode-se acabar experienciando efeitos colaterais sérios!

O que acontece se eu tomar viagra em excesso?

Tomar 2 ou 3 comprimidos de viagra de uma vez só não vai aumentar a ereção nem fazê-la durar mais do que o esperado de apenas uma dose do medicamento. Entretanto, o que pode acontecer é que o excesso de dosagem de viagra masculino no corpo dará origem a efeitos colaterais sérios. Efeitos esses, aliás, que podem afetar a pressão sanguínea, audição, visão e outras partes do corpo do paciente.

Então, não faça uso de uma dosagem maior do que a recomendada pelo seu médico. 

Conclusão

O viagra ainda desperta muitas dúvidas em quem possui disfunção erétil, mas o que se deve entender é que o acompanhamento médico é essencial para bons resultados e uma vida sexual saudável e plena.

Não deixe de se consultar com um médico urologista antes de começar a utilizar o viagra. O médico será capaz de identificar se você pode ou não fazer uso da medicação, qual a dosagem correta e as formas de uso ideais para o seu caso.


Referências

Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *