Qual a importância da nutrição para a saúde masculina?

5 dicas de nutrição e saúde masculina
BLOG OMENS / Sexualidade
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

29 de julho 2021

A importância da nutrição para a saúde masculina se dá por diversos vários fatores:

  • prevenção de doenças crônicas;
  • fornecimento de energia e nutrientes essenciais;
  • equilíbrio químico do funcionamento cerebral;
  • ser fonte de prazer e socialização.

Os dados do IBGE mostram que os homens vivem, em média, 7 anos a menos que as mulheres. Enquanto a expectativa de vida da mulher é de 80,1 anos a do homem é de 73,1 anos.

Acredita-se que isso acontece porque: 

  • eles se cuidam menos; 
  • principalmente estão mais expostos a acidentes de trânsito e de trabalho; 
  • bebem álcool e consomem outras drogas com mais frequência
  • além disso, estão mais envolvidos em situações de violência; 
  • sentem dificuldades em expressar suas preocupações e problemas 
  • e não se alimentam adequadamente, o que afeta amplamente a qualidade de vida e bem-estar do homem.

Dessa forma, listei 5 pontos que mostram a importância da nutrição para a saúde masculina. Acompanhe!

Importância da nutrição para a saúde masculina em 5 pontos

1- Previne doenças crônicas não transmissíveis (DCNT)

As doenças crônicas são muito influenciadas pela alimentação, daí a importância da nutrição para a saúde masculina.

Entre essas doenças estão os problemas cardíacos, a obesidade e o diabetes. Podemos preveni-las comendo melhor (e não menos). Assim, consumir mais comida fresca e caseira e ter uma alimentação baseada em alimentos in natura é uma dica de ouro para qualquer pessoa, independente do gênero ou idade.

Dessa forma, é possível reduzir o consumo de alimentos ultraprocessados, que não são proibidos, mas não deveriam estar tão presentes nas nossas refeições, pela presença excessiva de gorduras, carboidratos refinados e açúcar, que caracterizam uma alimentação inflamatória e podem nos levar a comer mais.

Um estudo publicado na revista The Journal of Urology mostra que ter uma alimentação desse tipo pode levar, no homem, a uma deficiência de testosterona, hormônio sexual masculino essencial para o sistema reprodutor e função sexual.

A melhor forma de comer menos ultraprocessados e consumir mais comida caseira é cozinhando. Até hoje cozinhar para a família e as tarefas domésticas envolvidas nisso são vistas como atividades femininas. Mas está mais do que na hora de mudar essa mentalidade. 

O ato de cozinhar, além de contribuir com a nossa saúde, pode proporcionar autonomia e muito bem-estar, pois funciona como uma meditação, já que é preciso estar atento no momento presente (não dá para trabalhar enquanto cortamos legumes).

2 – Fornece energia e nutrientes essenciais para o bom funcionamento do corpo

A importância da nutrição para a saúde masculina envolve também suprir as necessidades nutricionais do homem. De uma forma geral, eles necessitam de mais nutrientes e energia que as mulheres, pois apresentam mais massa magra. 

No entanto, como saber se a ingestão de calorias e nutrientes está adequada? Algumas pessoas dirão que o melhor caminho é calculando e contando calorias. Eu sugiro que você pare de contar calorias e em vez disso, conecte-se com o seu corpo.

Ou seja, ouça as mensagens que o organismo envia para dizer que está com fome ou saciado. As crianças geralmente têm essa percepção muito aguçada. Elas choram quando estão com fome e viram o rosto para a comida quando estão satisfeitas.

Com o tempo isso pode ir se perdendo, principalmente pela influência da cultura da dieta, mas nunca é tarde para resgatar essa conexão. Quando bater a vontade de comer, pare e pense um pouco se está realmente com fome. Faça o mesmo quando estiver realizando as refeições, prestando atenção se já atingiu a saciedade.

3 – É fonte de prazer e de socialização

A importância da nutrição para a saúde masculina vai além das necessidades biológicas e também envolve o prazer e a socialização. Ao redor da mesa podemos conversar, socializar e aproveitar uma boa refeição.

É comum acreditar que para ser saudável a alimentação não pode ser prazerosa. Mas é exatamente o contrário. Se você não se sente satisfeito com aquilo que está comendo é bem provável que busque mais comida para gerar essa satisfação e acabe exagerando. 

4- Influencia a saúde mental

A importância da nutrição para a saúde masculina também envolve a saúde mental, pois uma alimentação saudável fornece os nutrientes para o equilíbrio químico do nosso funcionamento cerebral  e ter uma boa relação com a comida e com o corpo também contribui para uma mente sã.

Dessa forma, não faz nenhum sentido fazer restrições alimentares, pois como mostro no vídeo abaixo, seu cérebro odeia dietas!

Mesmo que a dieta tenha um conteúdo energético adequado, quando ocorre restrição de alguns nutrientes, alimentos ou grupos alimentares, o corpo pode sentir falta deles, ficar sem energia para desenvolver as atividades do dia a dia e com falta de atenção.

Por isso, é importante estar bem alimentado e nutrido. Em vez de apostar em dietas restritivas, coma bem, consumindo alimentos de todos os grupos alimentares (feijões e outras leguminosas, cereais, frutas, legumes, verduras, oleaginosas, laticínios, carnes e ovos), sempre honrando sua fome.

Além disso, as dietas restritivas geram desejo pelos alimentos “proibidos”, levando ao exagero alimentar e até mesmo à compulsão alimentar e outros transtornos alimentares (quase todos eles começam com uma dieta restritiva!).

Quando se trata de transtornos alimentares, geralmente o foco são as mulheres, que parecem sofrer mais com anorexia nervosa e bulimia nervosa. No entanto, os estudos têm mostrado que os homens também são bastante afetados, mas por procurarem menos os serviços de saúde, dificultam o diagnóstico, gerando subestimação de casos.

De qualquer forma, existem diferenças no desenvolvimento de transtornos alimentares em homens e mulheres. Em homens predomina o comportamento alimentar orientado para a muscularidade, caracterizado pelo consumo de alimentos proteicos em excesso, restrição de carboidratos, uso de suplementos sem necessidade, prática de atividade física intensa e uso de anabolizantes.

5 – Hidratação

Por fim, quando se trata da importância da nutrição para a saúde masculina, não podemos esquecer da água, que permite manter o nosso corpo hidratado. 

Um homem adulto necessita, em média, de 3,7 litros de água por dia, 1 litro a menos do que as mulheres, incluindo os líquidos provenientes dos alimentos e bebidas. Mas você também não precisa ficar obsessivo com esses números. 

Mais uma vez, é importante ouvir o seu corpo e beber a quantidade de água que ele necessita e pede. É comum “esquecer” de hidratar-se, por isso uma ótima dica é deixar uma garrafinha d’água sempre à vista.


Esse artigo foi escrito pela equipe Sophie Deram, nutricionista, doutora pela USP que, ao longo dos seus mais de 25 anos como estudiosa da nutrição e da neurociência do comportamento alimentar, reúne ensinamentos valiosos para quem deseja voltar a ver a alimentação como algo prazeroso, e não estressante e que só gera culpa.

Fontes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *