Perigos do Viagra: ele é ou não arriscado?

BLOG OMENS / Tratamentos
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

24 de março 2021

Certamente o Viagra não é prejudicial à saúde quando tomado na dosagem correta, prescrito a pacientes compatíveis e adquirido em uma farmácia. Aliás, milhões de pacientes já utilizaram esse medicamento, comercializado no Brasil desde junho de 1998. Mas nunca compre remédios em sites clandestinos; procure sempre por farmácias certificadas, caso contrário você pode se expor aos perigos desconhecidos de um “viagra” falsificado, por exemplo.

Contraindicações do Viagra

Perigos do Viagra: quando combinado com outros medicamentos chamados “nitratos” ou “doadores de óxido nítrico”, o Viagra é contraindicado

Em geral se prescreve esses remédios para a angina. Se combinarmos nitratos com viagra ou outros medicamentos para ereção, há grandes chances de queda da pressão arterial.

Esta é a principal contraindicação: nesses casos, então, o viagra é terminantemente proibido.

Além disso, algumas drogas recreativas inalantes possuem o mesmo efeito. Fique atento!

O Viagra é contraindicado caso as relações sexuais também estejam contraindicadas ao paciente

Geralmente se contraindica as relações sexuais a pessoas com coração fraco (insuficiência cardíaca descompensada), angina ou arritmia cardíaca. Em resumo: estamos falando de casos em que os mínimos esforços oferecem riscos e a avaliação do cardiologista proibiu a realização de esforços e também de atividade sexual.

Portanto, os medicamentos para ereção são proibidos nesses casos.

Dúvida sobre a presença de um risco cardiovascular

Se seu médico tiver alguma dúvida sobre a existência de um risco cardiovascular, ainda que inaparente, ele não vai receitar a você nem o viagra, nem medicamentos similares.

Você terá que passar, então, por um check-up para confirmar ou não um potencial risco.

O mesmo se aplica caso um incidente cardiológico ou neurológico tiver ocorrido recentemente: é preciso esperar 6 meses de estabilidade antes de poder tomar o Viagra.

Contraindicação em caso de doenças graves do fígado e dos rins

Essa contraindicação é comum a todos os medicamentos, pois os dois órgãos participam da eliminação de substâncias do nosso organismo.

Se houver um histórico de perda (ou diminuição) da visão devido a uma doença no nervo óptico ou retinite pigmentosa: o Viagra é contraindicado.

É possível que os medicamentos para ereção possam agravar essas doenças. Por segurança, é melhor evitá-los.

Os medicamentos para ereção são perigosos? [Vídeo]

Você já conhece os remédios para disfunção erétil. Mas sabe se têm algum risco? Efeitos colaterais da tadalafila, viagra ou cialis? Quais são as contraindicações dos remédios para ereção? Venha entender um pouco mais e saber quando você deve ou não tomar medicamentos para um problema de ereção!

Precauções gerais e perigos do viagra

Em muitos casos, recomenda-se começar o tratamento com pequenas doses e, se necessário, aumentá-las gradualmente.

Seu médico, por exemplo, irá ajustar as suas doses dependendo do seu caso. Ele ainda precisa considerar se o paciente recebe tratamento para HIV, tuberculose ou certos medicamentos contra fungos.

Da mesma forma, é preciso verificar se ele está tomando remédios para a pressão arterial (o uso concomitante de 3 ou mais medicamentos para hipertensão pode representar um risco de queda acentuada da pressão).

Apesar de pouco consumida no Brasil, é importante destacar que a toranja (grapefruit) também deve ser evitada, já que ela aumenta os efeitos colaterais desses medicamentos.

Se nenhum dos casos acima se assemelham à sua situação, você pode tomar o viagra sem perigo. Caso você não respeite alguma dessas recomendações, você pode colocar sua saúde em risco.

Vamos, então, aos efeitos colaterais.

CONSULTAR UM

UROLOGISTA ONLINE

Por que esperar para resolver algo que tem solução?

CONSULTAR UM UROLOGISTA ONLINE

Por que esperar para resolver algo que tem solução?

Efeitos colaterais do Viagra

Os efeitos colaterais são brandos e afetam de 10 a 20% dos pacientes. Ele podem ser de intensidade leve a moderada.

Se você toma viagra com frequência, esses efeitos diminuem de forma espontânea. No entanto, se os efeitos colaterais do viagra persistirem, é possível trocar de medicamento. Converse com um especialista.

Perigos do viagra: lista dos principais efeitos colaterais

  • sensação de nariz entupido;
  • cabeça pesada ou dores de cabeça;
  • sensação de calor no rosto;
  • vermelhidão nos olhos.

Esses efeitos colaterais que apresentamos às vezes são confundidos com um resfriado. Podemos encontrar também os seguintes efeitos colaterais:

  • sensação de refluxo e
  • dores nas costas, nas pernas ou nas nádegas

Todos esses efeitos colaterais, em sua maioria leves, podem durar algumas horas: de 12 a 24 horas em média.

Perigos do Viagra: conclusões

Por motivos de segurança, é importante obter uma receita e seguir o conselho do seu médico antes de tomar Viagra.

Além disso, não deixe de fornecer ao seu médico todos os detalhes do seu quadro de saúde: seu histórico, os medicamentos que você está tomando, etc.

Evite as “soluções imediatas” da internet e os variados golpes: é indispensável consultar um especialista e evitar a automedicação.

Todos os medicamentos contra a Disfunção Erétil

Lista de medicamentos e tratamentos prescritos para disfunção erétil:

Consulte um médico especializado em sexualidade na Omens

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada ao homem. Ela reúne médicos urologistas e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

A plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade. A consulta online pode ser feita por mensagens, pelo celular ou por videochamada, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista
  • Agende uma consulta para o dia seguinte! (no Brasil, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial sobre problemas sexuais com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

Fontes

CONSULTAR UM

UROLOGISTA ONLINE

Por que esperar para resolver algo que tem solução?

CONSULTAR UM UROLOGISTA ONLINE

Por que esperar para resolver algo que tem solução?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *