Tudo sobre os autotestes de HIV

exemplos de lancetas, presente no autoteste de hiv
BLOG OMENS / Tratamentos
logo da Omens
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

17 de outubro 2021

O autoteste para HIV ajuda a detectar o vírus da AIDS através da coleta de uma amostra de sangue da ponta do dedo, usando um dispositivo de punção digital (leve picada rápida).

Seu preço varia dependendo da farmácia: com preços entre 40 e 80 reais. Mas o autoteste também é distribuído gratuitamente pelo SUS.

Esse dispositivo de diagnóstico é de uso único e individual, sendo confiável após 30 dias da exposição, ou seja, 1 mês depois de se expor a uma relação desprotegida ou a outra situação de risco.

Você pode realizá-lo sozinho(a) ou acompanhado de uma outra pessoa para te ajudar. O tempo necessário para fazer o autoteste é de aproximadamente 5 min e o tempo de espera para fazer a leitura é de 15 a 20 min. É fundamental ter em mãos um cronômetro (o do celular mesmo, por exemplo).

Explicaremos como esse teste funciona e como realizá-lo, mas, antes do uso, é sempre importante ler cuidadosamente as instruções e a bula antes de começar. Por fim, se o teste der positivo, é necessário confirmar o resultado com um exame de sangue.

Em primeiro lugar, vamos ver em que consiste esse kit de autoteste do HIV:

Autoteste HIV: o que vem no kit?

Vale lembrar que aqui estamos dando mais atenção ao autoteste que utiliza o sangue da pessoa. Mas também há disponível no mercado o teste oral, que usa a saliva.

Normalmente o kit vem em uma caixinha com:

  • um lancetador pequeno para furar o dedo;
  • o dispositivo de teste que mostra o resultado;
  • a solução tampão (um frasco com uma solução diluente);
  • curativo;
  • um tubinho para a coleta das gotas de sangue;
  • um sachê desinfetante.

Respondendo suas dúvidas sobre a camisinha masculina [Omenscast #25]

No nosso 25º episódio do Omenscast, o médico urologista João Brunhara vai explicar tudo sobre a camisinha masculina: dúvidas, como usar, alergias, problemas de ereção… A transcrição do áudio você poderá encontrar aqui.

Como fazer o autoteste de HIV

É importante que você esteja em um lugar tranquilo para fazer o autoteste de HIV.

Então, coloque todo o conteúdo da caixa sobre uma mesa limpa e separe um cronômetro ou celular.

É importante seguir cuidadosamente as instruções presentes na bula!

Além disso, atenção: o lancetador se retrai automaticamente e só pode funcionar uma vez. Portanto, lembre-se de posicionar a agulha corretamente na ponta do dedo. Em seguida, basta apertar a ponta do dedo para sair mais sangue e facilitar a coleta.

Primeiro passo

Como dissemos, comece espalhando os itens do kit em uma superfície plana e sem vibrações. Então, faça o seguinte:

  • primeiramente, lave as mãos com água morna e depois seque;
  • em seguida, pegue o sachê de álcool para desinfetar o local da picada;
  • limpe a ponta do dedo com o papel umedecido que vem dentro do sachê e espere secar;
  • pegue o lancetador (o dispositivo que vai pressionar rapidamente a agulha), remova a tampa e coloque a extremidade que contém a agulha no dedo e aperte com força até sentir uma leve picada;
  • então, aperte suavemente o dedo para fazer emergir a primeira gota de sangue;
  • continue apertando delicadamente o seu dedo para que a gota de sangue aumente;
  • por fim, use o tubinho transparente para coletar algumas gotas de sangue: basta pressionar uma das extremidades com o polegar e o indicador, colocar a outra em contato com a ponta do dedo que foi picada e soltar a extremidade para ver o sangue entrar aos poucos no tubo; faça isso até conseguir a quantidade de sangue necessária (até atingir a marcação indicada na ponta do tubinho).

Segundo passo

Agora você pode separar o dispositivo para teste e a solução reagente (chamada de solução tampão)

Posicione o autoteste em cima da mesa, tomando cuidado para não ficar balançando a superfície, e deposite as gotas de sangue com o tubo.

Então, aplique a solução por cima do sangue depositado no dispositivo. Quanto à quantidade, siga a indicação do manual do autoteste (geralmente, são 3 gotas).

Terceiro passo

Enfim, espere de 15 a 20 minutos para obter o resultado do teste. Coloque o cronômetro para rodar e aguarde. Não leia a conclusão antes de passados os 20 minutos!

Inicie o tratamento da sua casa consultando um urologista online

Consultas por chat, vídeo ou celular com médicos especialistas em saúde sexual masculina (preço médio de R$ 69).

Tudo em um lugar só: prescrição de receita, encaminhamento para exames adicionais e entrega de medicamentos a domicílio.

Agendar Teleconsulta

e iniciar tratamento já!

Quarto passo: lendo o resultado do autoteste

É fundamental que você consulte as instruções que acompanham o autoteste a fim de interpretar corretamente o seu resultado.

Mas resumindo como funcionam os testes para HIV:

  • o diagnóstico deu positivo se uma segunda barra aparecer na área de leitura do teste;
  • o resultado é negativo se nenhuma listra aparecer além daquela já presente na área de leitura do teste.

Em todos os casos, positivo ou negativo, deve aparecer pelo menos uma barra, que indica que o teste foi feito corretamente e nenhum erro foi cometido em qualquer uma das etapas.

  • Se o autoteste for negativo, ou seja, não reagente, você provavelmente é soronegativo e não foi infectado pelo vírus da AIDS. No entanto, é importante se certificar de que você não tenha assumido nenhum risco nos últimos 3 meses, caso contrário o teste pode apresentar chance de falha (apesar de isso ser muito raro). Você pode consultar um médico para ter certeza.
  • Se o autoteste der positivo (reagente), então você é soropositivo: você deve consultar um médico o mais rápido possível e explicar que acabou de obter um resultado positivo ao autoteste de HIV.

Um outro exame de confirmação é necessário para comprovar o resultado do seu autoteste.

Proteja-se a si mesmo e aos outros!

IMPORTANTE: ATÉ QUE VOCÊ TENHA FEITO UM TESTE DE CONFIRMAÇÃO, EVITE QUALQUER ATIVIDADE QUE POSSA TRANSMITIR O HIV.

Se o autoteste não estiver legível (não corresponder a nenhuma das interpretações possíveis, por exemplo), desconsidere-o completamente. Assim, você precisará fazer um novo teste. Se os resultados ainda forem ilegíveis após algumas tentativas, consulte um médico.

Além disso, os autotestes são considerados lixo hospitalar. Ao jogar os equipamentos fora, siga as recomendações indicadas no manual.

Como as doenças crônicas influenciam a libido? [Vídeo]

Você já deve saber o que é libido, mas existe alguma relação entre doenças crônicas – como câncer, obesidade, osteoporose e outras – e problemas de falta (ou perda) de libido? Então, logo após esses possíveis casos, tem como aumentar a libido de novo? Saiba mais!

Autoteste HIV: cuidados e alertas

  • Esse autoteste serve apenas para a identificação do HIV.
  • Ele só deve ser realizado com sangue capilar (no caso, obtido através da punção digital) recém coletado.
  • Armazene a embalagem em local fresco e seco, isto é, em temperaturas entre 8° e 30° C e fora da exposição direta ao sol.
  • O autoteste serve apenas para uso único: jamais o utilize novamente.
  • O autoteste não se destina ao monitoramento de pacientes que recebem tratamento antirretroviral.
  • Independentemente do resultado der positivo ou negativo, não tome nenhuma decisão médica sozinho(a). Procure atendimento médico.
  • Os resultados podem ser equivocados em 0,2% dos casos e apenas em algumas dessas situações: suspeita de exposição ao HIV nos 3 meses anteriores ao teste, em situações de imunossupressão profunda ou infecção com uma variante rara, e para pessoas soropositivas sob tratamento antirretroviral.
  • Observar as condições de armazenamento e limitações de uso, pois isso pode levar a resultados falhos.
  • Não utilize o autoteste se a embalagem estiver aberta ou danificada.
  • Não usar após a data de validade.

Por fim, você pode visitar o site do Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis do Ministério da Saúde para obter mais informações.

Consulte online um médico ou psicólogo especializado em sexualidade

A Omens é uma plataforma de saúde dedicada à saúde sexual e mental, que reúne médicos urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Por isso, a plataforma permite que você consulte online médicos especialistas em temas sobre sexualidade, além de psicólogos sexólogos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico ou psicólogo especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados ao sexo.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um urologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um urologista)
  • Peça pela plataforma os medicamentos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa por uma farmácia certificada
  • Além disso, evite o desconforto ou a vergonha na sala de espera de um consultório ou em farmácias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *