Dutasterida funciona? Diferentes dosagens e formatos

Dutasterida funciona para muitos, sim
BLOG OMENS / Perda de cabelo
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

23 de agosto 2021

A Dutasterida (ou “Avodart”, o produto de referência, ou seja, a marca da substância) é utilizada para tratar a próstata aumentada. Apesar disso, os médicos às vezes prescrevem a Dutasterida como off-label (uso diferente do objetivo inicial do medicamento) para a calvície masculina. Veja com mais detalhes:

Como funciona?

A Dutasterida funciona de forma semelhante à finasterida, mas pode ser mais eficaz. Assim como a finasterida, ela inibe a atividade da 5alfa-redutase tipo 2. No entanto, a Dutasterida inibe também o tipo I da enzima. O bloqueio dos dois tipos de enzima diminui ainda mais a dihidrotestosterona (DHT) e reduz o risco de danos aos folículos capilares.

Esse remédio enfrenta as mesmas limitações da finasterida, o que significa que só funciona se tomado diariamente e pode se tornar menos eficaz com o tempo.

Esses tratamentos podem retardar ou prevenir a queda de cabelo e podem estimular o recrescimento de folículos adormecidos, mas ainda “funcionais”. Mas eles podem fazer pouco pelos folículos que já ficaram inativos. A sua utilização em um estágio mais precoce da perda de cabelo terá resultados mais favoráveis.

Dutasterida 0,5 e outras dosagens

Atualmente se produz a Dutasterida apenas em cápsulas de 0,5 mg. Além disso, você também pode encontrar as mesmas cápsulas de Dutasterida 0,5 mg sob o nome Avodart, a marca que fabrica o princípio ativo.

Quando comparamos com a finasterida (Propecia), percebemos que é uma dosagem menor (ela usa 1mg para a queda de cabelo), mas isso faz sentido. Isso porque a Dutasterida é um inibidor da 5alfa-redutase mais forte.

Além desse tratamento já disponível nas drogarias, às vezes você pode encontrar farmácias de manipulação que podem produzir cápsulas de Dutasterida ou soluções tópicas, cremes ou géis em diferentes dosagens ou formulações (dutasterida + cloridrato de tansulosina, por exemplo), de acordo com sua prescrição

Prescrição de Dutasterida para perda de cabelo

Normalmente se prescreve o tratamento para perda de cabelo na dosagem de uma cápsula de 0,5 mg tomada uma vez por dia. Em estudos comparativos com a finasterida 1 mg, a Dutasterida 0,5 mg mostrou ter um melhor aumento na contagem total de cabelos e mais reduções na contagem de cabelos finos após 24 semanas. No entanto, uma vez que estamos falando de uma indicação off-label, não temos muitos estudos que ajudarão os médicos a determinar de forma conclusiva a melhor dosagem e frequência de Dutasterida para os melhores benefícios contra a calvície.

Respeite as orientações médicas

O seu médico sempre deve conhecer aspectos particulares da sua saúde, seu histórico médico e seus objetivos. Portanto, tome sua medicação exatamente como foi prescrita. Se você tiver dúvidas sobre a dosagem de Dutasterida, fale com seu médico e não altere a dose ou o horário sem a aprovação dele(a).

Injeções: mesoterapia com Dutasterida

As injeções de Dutasterida são um novo tratamento off-label para pacientes do sexo feminino e masculino com alopecia androgênica (calvície). Esse tratamento é recomendado somente quando o tratamento aprovado para calvície masculina ou feminina não foi eficaz ou foi interrompido devido a efeitos colaterais. As injeções são aplicadas localmente no couro cabeludo. Essas injeções contêm a substância Dutasterida, que é um medicamento antiandrogênio (inibidor da 5alfa-redutase), como a finasterida, que permite que o cabelo engrosse.

Como é o procedimento?

Essas injeções também são conhecidas como “mesoterapia com dutasterida” e consistem em microinjeções. O tratamento é injetada diretamente no couro cabeludo para que possa penetrar na pele. Depois ele chega ao folículo piloso, bloqueando os hormônios androgênicos que tornam o cabelo mais fino e curto. Como resultado, o cabelo fica mais grosso e mais forte. Realiza-se o procedimento com anestesia tópica ou local, o que o torna relativamente indolor.

O procedimento completo leva cerca de 20 minutos e não é necessário nenhum pré ou pós-tratamento. Não deixa nenhuma marca visível e o paciente pode retornar imediatamente às suas atividades normais.

Referências: evidências científicas do procedimento

Existem várias publicações científicas internacionais que sustentam a eficácia desse tratamento (veja as fontes no final do nosso post). Em alguns casos, o tratamento com Dutasterida é no geral mais eficaz e requer menos sessões em comparação com a tradicional de plasma rico em plaquetas (PRP). Mas esse continua sendo também um tratamento off-label para a calvície masculina (e feminina) e mais pesquisas são necessárias no futuro para avaliar a eficácia.

Esse tratamento pode ser feito por conta própria ou pode ser combinado com medicamentos orais e tópicos (a critério de seu médico).

Efeitos colaterais da injeção de Dutasterida

Sabe-se que o uso de Dutasterida oral pode ter alguns efeitos colaterais. Possíveis efeitos colaterais já relatados são: depressão, ansiedade, disfunção sexual, mudanças de humor, aumento dos seios, ganho de peso e outros.

Microinjeções podem causar um desconforto menor: a chance reduz com a aplicação de uma anestesia tópica ou local antes da injeção. A área tratada pode ficar sensível por alguns dias após o tratamento; no entanto, a dor é mínima e não exige medicação analgésica. A injeção afeta apenas a área tratada e não parece causar nenhum efeito colateral sistêmico, mas novamente: são necessários mais estudos para confirmar isso.

Cuidados

Sabemos que as mulheres sob uso de Dutasterida oral devem evitar a gravidez durante o tratamento e 6 meses após a interrupção, pois o bebê pode nascer com órgãos sexuais deformados.

Parece que as injeções de Dutasterida não são absorvidas pelo corpo, mas como ainda não há muitas evidências, é melhor ser cauteloso. Por isso, aconselhamos as mulheres sobre o tratamento com as injeções de Dutasterida para evitar a gravidez durante o tratamento e 6 meses após a interrupção.

Não sabemos se a Dutasterida altera a fertilidade dos homens. Sabemos que o medicamento oral pode ser eliminado através do sêmen, mas não há grandes estudos que mostrem se as injeções intralesionais de Dutasterida podem ser eliminadas da mesma forma. Um pequeno estudo mostrou que a Dutasterida não foi absorvida no sangue dos pacientes que receberam o tratamento; no entanto, são necessárias mais pesquisas.

Em conclusão, é importante que os homens que fazem esse tratamento usem métodos contraceptivos durante as relações sexuais.

Conclusão: onde comprar Dutasterida?

Se você estiver interessado em comprovar se a Dutasterida off-label é uma boa opção de tratamento da perda de cabelo para você, comece falando com um médico. Alguns médicos podem já estar cientes desse uso potencial de Dutasterida ou podem preferir começar com a finasterida ou minoxidil. De qualquer forma, procurar a orientação profissional é o primeiro passo.

Fontes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *