Biotina para cabelo: modo de uso!

cápsulas de suplemento natural de biotina para cabelo
BLOG OMENS / Perda de cabelo
logo da Omens
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dr. João Brunhara

CRMSP 161.642
Última atualização

31 de janeiro 2022

A biotina, também conhecida como vitamina B7, é um nutriente essencial para o corpo humano. Podemos encontrá-la com mais frequência de forma natural nos alimentos. Dentre os alimentos ricos nesse nutriente temos, por exemplo: cereais (trigo, aveia, arroz), vegetais (espinafre principalmente), cogumelos… Além disso, a biotina desempenha um papel importante em uma dieta equilibrada e para a saúde do cabelo.

Aqui vamos falar também da biotina como suplemento alimentar vendido sem receita médica, um produto que promete ajudar no crescimento saudável do cabelo. Mas que fique claro: em relação a evitar a queda do cabelo ou até mesmo proporcionar algum benefício real à saúde, os estudos e opiniões de especialistas sobre o assunto apontam para lados diferentes.

Afinal, aumentar sua ingestão de biotina pode ajudar a tornar o cabelo mais forte e mais resistente à queda? Aprenda com a Omens!

O que a biotina para cabelo faz?

A biotina, incluindo o suplemento vendido para cabelo, é uma vitamina solúvel em água que faz parte do complexo das vitaminas B, também chamada de vitamina H.

Seu corpo precisa de biotina para ajudar a converter certos nutrientes em energia. Ela também tem um papel importante na saúde do cabelo, da pele e das unhas.

Se você não estiver recebendo biotina suficiente, você pode sofrer com queda de cabelo ou uma erupção cutânea de coloração vermelha, escamosa. No entanto, a deficiência do nutriente é rara. Na maioria dos casos, a biotina que obtemos com a alimentação é suficiente para colhermos os benefícios à saúde que ela oferece.

Ainda assim, muitas pessoas estão aumentando sua ingestão na esperança de obter benefícios adicionais, como, por exemplo:

  • maior força e espessura: a biotina pode apresentar “efeitos positivos para os cabelos, incluindo o crescimento de fios mais fortes e grossos” – prometem os rótulos dos suplementos;
  • proteção: como a biotina poderia fortalecer o cabelo, seria menos provável de ele se romper nas pontas, assim estimulando e protegendo o comprimento;
  • mais brilho: há algumas pesquisas que sugerem que o aumento da ingestão de biotina pode melhorar a qualidade geral do cabelo, incluindo o brilho;
  • cabelo e couro cabeludo mais saudáveis: é fato que a biotina colabora na estrutura da queratina, uma proteína básica que compõe o cabelo, a pele e as unhas; portanto, é possível que ela possa melhorar a saúde do cabelo – incluindo o volume e a cobertura do couro cabeludo;
  • prevenção da queda de cabelo: a biotina poderia combater a inflamação, uma das principais causas da queda do cabelo.

Biotina para passar no cabelo: dá para fazer crescer mais rápido?

Então, entramos na questão principal – se a biotina realmente serve para combater a queda de cabelo… E a resposta é: depende.

Pesquisas sugerem que a vitamina pode estimular o crescimento do cabelo em pessoas que possuem uma deficiência clínica de biotina. Mesmo porque não há evidências de que a biotina possa melhorar o crescimento capilar em pessoas sem deficiências nutricionais.

A queratina é uma proteína básica que compõe o cabelo, a pele e as unhas. Há pesquisas que comprovam que a biotina melhora a estrutura da queratina do nosso organismo. Mas infelizmente os cientistas ainda não estão realmente seguros do papel da biotina nos cuidados com o cabelo ou com a pele.

As pesquisas sobre os efeitos da biotina no crescimento do cabelo são muito escassas. Até o momento, há apenas indícios muito limitados que sugerem que o aumento da ingestão de biotina pode contribuir para fazer o cabelo crescer.

Ao analisar alguns estudos, as evidências são inconclusivas de que a biotina influencie no crescimento capilar. Mesmo porque os suplementos alimentares em geral contêm não só biotina, mas também outros ingredientes. Portanto, a evolução do crescimento capilar não pode ser atribuída apenas à biotina.

Veja a pesquisa que apresentaremos logo abaixo, mas não se esqueça de checar a parte de referências no fim do texto para mais informações científicas.

Vitamina e biotina: indícios de que funciona?

Por exemplo, em um estudo de 2015, mulheres com cabelos mais ralos e finos receberam ou um suplemento oral à base de proteína marinha contendo biotina e outros ingredientes, ou placebo (sem nenhum tratamento ativo) duas vezes por dia durante 90 dias.

No início e no final do estudo, foram tiradas fotos de alta resolução das áreas afetadas no couro cabeludo. Os cabelos de cada participante também foram lavados e quaisquer fios caídos foram contados.

A pesquisa descobriu que as mulheres que tomaram o suplemento com biotina viram um crescimento significativo de cabelo nas áreas afetadas pela queda. Elas também tiveram uma perda de cabelo menor.

Um estudo realizado em 2012 pelos mesmos pesquisadores produziu resultados semelhantes: os participantes perceberam uma melhora no crescimento e na qualidade dos fios após 90 e 180 dias.

Por fim, vale dizer que não existe uma loção ou creme de biotina para passar diretamente no cabelo. A única forma de fazer uso do produto é por suplementação oral.

Biotina para queda de cabelo: quanto tempo para fazer efeito?

A maioria das pessoas não verão nenhum benefício perceptível até que tenham aumentado a ingestão de biotina por alguns meses. Para obter os melhores resultados, deve-se consumir o nutriente regularmente.

Se você quiser aumentar a ingestão da vitamina H através da alimentação, você precisará ingerir vários alimentos ricos em biotina diariamente para realmente consumir o suficiente para fazer a diferença.

Se você estiver fazendo uso de algum suplemento, é importante que você tome assim como o seu médico te orientou.

Então, por quanto tempo devo tomar vitamina para cabelo?

Embora as pesquisas sobre o assunto sejam limitadas, os estudos de 2012 e 2015 sugerem que se percebem os resultados em mais ou menos 90 dias – isso incluindo um aumento no crescimento e no brilho. Acredita-se que, quanto mais tempo você consumir essa quantidade do nutriente, melhores serão os seus resultados.

Biotina: efeitos colaterais

A maioria das pessoas pode tomar suplementos de biotina para cabelo sem nenhum efeito negativo, mas são possíveis pequenos efeitos colaterais. Por exemplo:

  • náusea
  • cãibras
  • diarreia

É possível reduzir o risco de efeitos colaterais ao tomar biotina junto da comida, no café da manhã ou no almoço, por exemplo. Os suplementos naturais não são para todo mundo! Por isso, fale com seu médico antes de usar.

O especialista poderá te orientar sobre os riscos e benefícios em potencial, assim como sobre a dosagem adequada. Por fim, você deve sempre seguir as informações de dosagem no rótulo, a menos que o médico te oriente de forma diferente.

Não espere por muito tempo: quanto mais rápido você lidar com os sintomas da queda de cabelo, maior é a probabilidade de evitar danos irreversíveis. Fale com um médico hoje mesmo se precisar de orientações para deixar o cabelo mais forte e prevenir a queda.


Referências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *