Como controlar o suor excessivo nas axilas

parede molhada com água ilustrando um suor excessivo
BLOG OMENS / Pele
logo da Omens
Escrito por

Caio Vega

Revisado por

Dra. Aline Erthal

CRMSP 199.764
Última atualização

23 de março 2024

O suor excessivo nas axilas pode ser um incômodo significativo, mas existem diversas formas de controle. Desde tratamentos caseiros até intervenções médicas, as opções variam conforme a gravidade e causa do problema.

O que é hiperidrose?


A hiperidrose é caracterizada pelo excesso de suor, especialmente em áreas como as axilas. Este suor pode ocorrer mesmo até no frio e sem estímulos físicos evidentes.

Causas

Além da predisposição genética, a hiperidrose pode ser exacerbada por fatores como estresse, alimentação e certos medicamentos. Alimentos picantes, por exemplo, podem aumentar a sudorese.

Entender as causas pode ajudar no tratamento adequado:

  • Genética: tendências hereditárias podem desempenhar um papel significativo na hiperidrose.
  • Condições médicas: distúrbios como diabetes, menopausa, obesidade e hipertireoidismo podem provocar suor excessivo.
  • Medicamentos: certos remédios podem ter o suor excessivo como efeito colateral.
  • Estresse e emoções: situações de estresse ou nervosismo podem desencadear transpiração excessiva.

Prevenção e Higiene pessoal


A prevenção começa com a higiene, que deve ser feita diariamente com sabonete neutro ou antisséptico. Antitranspirantes para as axilas são fundamentais, e escolher o melhor desodorante pode fazer a diferença no controle do odor.

Depilar a axila não diminui a umidade nem o odor.

Dicas para roupas e alimentação

Escolha roupas adequadas e ajuste sua dieta para ajudar a controlar o suor:

  • Roupas: prefira cores claras e tecidos soltos que não grudem no corpo. Troque de roupas regularmente, especialmente se suar muito.
  • Alimentação: evite alimentos que induzem o suor, como alho, cebola, comida picante e cafeína. Opte por frutas e vegetais ricos em água, como pepinos e melancias.

Tratamento caseiro, remédios e procedimentos


Como parar o suor excessivo inclui medidas como redução do estresse e uso adequado de antitranspirantes.


Além dos antitranspirantes, existem remédios caseiros que podem ajudar a controlar o suor:

  • Vinagre de maçã: atua como um adstringente natural para as axilas;
  • Bicarbonato de sódio: conhecido por absorver umidade e neutralizar odores;
  • Chás de ervas: bebidas como chá de sálvia podem ajudar a reduzir a transpiração.

Vale lembrar que esses ingredientes caseiros tem uma eficácia bastante limitada, então, sempre que possível, opte por um antitranspirante convencional ou pomadas para suor, que costumam conter hidróxido de alumínio.

Para casos mais severos, pode-se recorrer a medicamentos anticolinérgicos ou procedimentos como a iontoforese. O botox também é uma excelente opção para diminuir significativamente a sudorese local.

Ao contrário do que muito se lê pela internet, no entanto, a depilação a laser nas axilas ou em qualquer outra região NÃO traz qualquer ajuda para o tratamento.

Cirurgias e outras opções

Em último recurso, pode-se considerar a cirurgia, embora seja uma medida mais invasiva, e com risco de provocar hiperidrose compensatória, que é quando o paciente começa a suar em outros locais após a cirurgia.

camiseta toda molhada de suor nas axilas e no abdomen

Gerenciamento do suor no dia a dia


O suor excessivo pode ser controlado com estratégias que vão desde mudanças de hábitos até tratamentos específicos:

  • Higiene regular: banho diário usando sabonetes antibacterianos pode ajudar a controlar o suor e reduzir o odor. Certifique-se de secar completamente a pele, especialmente nas axilas, para evitar o crescimento de bactérias.
  • Uso de antitranspirantes: aplique antitranspirantes nas axilas à noite, permitindo que o produto trabalhe enquanto você dorme e seja mais eficaz. Procure produtos contendo cloreto de alumínio, que são mais eficazes para controlar o suor.
  • Roupas apropriadas: vista roupas leves e de tecidos naturais, como algodão, que permitem que sua pele respire melhor do que tecidos sintéticos.
  • Mudanças na dieta: reduza o consumo de alimentos picantes e cafeína, pois podem estimular a transpiração. Beba bastante água para manter o corpo resfriado e bem hidratado.
  • Controle do estresse: práticas de relaxamento como yoga, meditação ou exercícios de respiração podem ajudar a reduzir o suor causado pelo estresse.

Problemas associados ao suor


O suor excessivo pode levar a várias complicações:

  • Bromidrose (mau odor): isso ocorre quando o suor se mistura com as bactérias na pele, causando um cheiro desagradável. Manter uma boa higiene, usar roupas limpas e aplicar antitranspirantes podem ajudar.
  • Manchas nas roupas: suor excessivo pode deixar manchas desagradáveis, especialmente em roupas coloridas. Usar revestimentos ou absorventes nas axilas e evitar roupas muito justas podem ajudar a prevenir manchas.
  • Infecções fúngicas e bacterianas: o suor excessivo cria um ambiente úmido propício para o crescimento de fungos e bactérias, podendo levar a infecções de pele. A higiene regular e o uso de talcos antifúngicos podem ser benéficos.

Conclusão


Controlar o suor em excesso exige uma combinação de higiene, tratamentos caseiros, e, se necessário, intervenções médicas. A chave é encontrar a abordagem que melhor se adapta às suas necessidades e ao seu estilo de vida.

Lembrando que, se o suor excessivo for uma preocupação constante, é importante procurar um médico para uma avaliação adequada. Para mais informações, consulte um especialista online através do site da Omens.


Consulte online um médico dermatologista

A Omens é uma plataforma dedicada à saúde do homem, que reúne dermatologistas, urologistas, terapeutas sexuais e farmacêuticos com o objetivo de construir soluções seguras, de qualidade e acessíveis a todos.

Dessa forma, a plataforma permite que você consulte online médicos dermatologistas, todos centrados nos problemas masculinos. As consultas online podem ser feitas por mensagens, pelo celular (podendo mandar fotos) ou por videochamada, por exemplo, além de apresentar muitas outras vantagens:

  • Consulte um médico especializado na área, que trata diariamente de problemas relacionados relacionados à calvície, à barba, à acne e à caspa.
  • Pague menos da metade do valor de uma consulta presencial com um dermatologista.
  • Agende uma consulta para o mesmo dia! (no Brasil, aliás, muitos pacientes têm de esperar vários meses até conseguir agendar uma consulta presencial com um dermato)
  • Peça pela plataforma os produtos necessários para o seu tratamento e, então, eles serão entregues discretamente na sua casa.
  • Além disso, evite o desconforto e a impaciência na sala de espera de consultórios ou clínicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?