Ácido retinoico para acne

frasco com o serum de ácido retinoico
BLOG OMENS / Pele
logo da Omens
Escrito por

Seth Zanette

Revisado por

Dra. Aline Erthal

CRMSP 199.764
Última atualização

7 de fevereiro 2024

A acne é uma condição de pele comum que afeta muitos brasileiros e mina a autoestima aos poucos.

Além de causar desconforto emocional, existe o desconforto físico, levando muitos a procurarem tratamentos eficazes. 

O ácido retinóico é uma das substâncias frequentemente recomendadas por profissionais de saúde para o tratamento da acne e outros problemas de pele. Também chamado de Tretinoína, ele serve principalmente para renovar a camada mais externa da pele e, com isso, possibilitar a liberação do sebo que forma as espinhas. Vamos entender melhor como acontece esse processo e quais os benefícios e recomendações para o uso do ácido retinoico. 

O que é o ácido retinoico?


O ácido retinóico é uma forma ativa da vitamina A, uma vitamina lipossolúvel essencial para a saúde da pele. 

Ele age regulando a renovação celular, estimulando a produção de colágeno e reduzindo a formação de cravos e espinhas. Além disso, o ácido retinóico possui propriedades que podem ajudar a diminuir a vermelhidão e a inflamação associadas à acne.

Qual é a diferença entre ácido retinóico e retinol?

Embora ambos sejam derivados da vitamina A e tenham nomes semelhantes, o ácido retinóico e o retinol são diferentes. O ácido retinoico puro é uma forma mais potente e direta da vitamina A, geralmente disponível apenas com prescrição médica. Já o retinol é uma forma mais suave e menos concentrada, normalmente encontrada em produtos de cuidados com a pele de venda livre. Ambos fazem parte do grupo dos retinóides.

Benefícios


O ácido retinóico oferece uma variedade de benefícios para a pele que vão além do tratamento da acne. Ele pode ser de grande ajuda para:

  • reduzir linhas finas e rugas, 
  • melhorar a textura da pele, 
  • clarear manchas,
  • minimizar poros dilatados,
  • melhorar a aparência de rugas,
  • melhorar envelhecimento da pele causado pelo sol.

Ou seja, para além do tratamento da acne, existem muitos benefícios na utilização do ácido retinóico.

Então, o Ácido retinóico é bom para a acne?

O ácido retinóico é amplamente recomendado como um tratamento eficaz para a acne.  Afinal, ele tem uma grande capacidade de regular a renovação celular, reduzir a formação de cravos e espinhas e combater a inflamação.

No entanto, é importante lembrar que cada paciente é único e pode responder de maneira diferente ao tratamento com ácido retinóico. Algumas pessoas podem experimentar melhora significativa em sua acne, enquanto outras podem notar apenas uma redução moderada nos sintomas. Por isso, o acompanhamento ativo de um dermatologista é essencial.

Ele pode ajudar com outros problemas de pele?

Além da acne, o ácido retinóico pode ser eficaz no tratamento de outras condições de saúde. Algumas delas são:

  • finas rugas na pele;
  • estrias;
  • queratose pilar;
  • hiperpigmentação.

No entanto, é importante consultar um dermatologista para avaliar qual é o tratamento mais adequado para o seu caso específico.

bisnaga de gel secativo contra acne da Omens

Combata a acne com o Gel Secativo Omens

Iniciar Tratamento Já

Produto manipulado, com propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas. Renova as células da pele e não resseca.

Como usar o ácido retinóico


O ácido retinóico está disponível em diferentes formatos, como pomadas, cremes e géis. 

A escolha do formato dependerá do tipo de pele, recomendação médica e das preferências pessoais do paciente. Além disso, é fundamental seguir as instruções do médico ou as orientações presentes na embalagem do produto. Vamos falar um pouco mais sobre cada um desses formatos e como usá-los no próximo tópico.

Os diferentes formatos: pomada, creme, gel…

Ácido retinóico em formato tópico

Nos formatos tópicos, podemos encontrar o ácido retinóico em pomada, creme e gel. As dosagens mais comuns nesse formato de tratamento são de 0,25 mg/g, 0,5 mg/g e 1 mg/g. Ele pode ser aplicado na pele uma vez ao dia, na área afetada. O preço desse tipo de tratamento tópico começa na faixa dos R$ 60.

Antes da aplicação da pomada, o rosto deve estar limpo e seco.

Como esse ingrediente  precisa da indicação médica para ser utilizado, não é comum que produtos cosméticos com ácido retinóico como séruns e tônicos sejam encontrados no mercado. Apenas retinol ou outros tipos de retinóides. 

Peeling com ácido retinóico

Ainda como tratamento para a pele, o ácido retinóico pode ser utilizado nos peelings químicos com concentrações que vão de 1 até 5%. Ele fará uma esfoliação na pele. O peeling químico com o ácido retinóico só pode ser feito por profissionais, em clínicas estéticas ou dermatológicas. O preço desse tipo de procedimento começa na faixa dos R$ 300.

Ácido retinóico em cápsulas

Sim, existe ácido retinóico em cápsulas. Na dermatologia, utilizamos retinóides para o tratamento de psoríase (acitretina) e para o tratamento da acne (isotretinoína). As dosagens variam conforme o paciente e o tempo de tratamento costuma ser longo. 

Qual a melhor dosagem para tratar a acne?

A dosagem, bem como o formato do tratamento precisa ser determinada por um dermatologista, levando em consideração a gravidade da acne e a tolerância do paciente ao medicamento. É comum começar com uma concentração menor de ácido retinóico e, aos poucos, aumentar a dosagem para evitar irritações excessivas na pele.

frasco de sabonete líquido contra acne da Omens

Novo Sabonete Antiacne com Ácido glicólico

Iniciar Tratamento Já

Chega de cravos, inchaços e manchas vermelhas: tudo em questão de SEMANAS

Riscos do ácido retinóico


Embora o ácido retinóico seja considerado seguro e eficaz para muitas pessoas, como todo medicamento, existem alguns riscos e efeitos colaterais associados ao seu uso. 

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns incluem:

  • pele mais sensível;
  • irritação e vermelhidão na pele;
  • descamação;
  • uma pele mais seca que o normal;
  • pele mais quente que o normal ao toque.

Esses efeitos são normais nas primeiras semanas de uso. Por isso, é importante usar protetor solar regularmente e evitar a exposição ao sol durante o uso do ácido retinóico. A pele pode ficar mais suscetível aos danos causados pelos raios ultravioleta. 

Pessoas negras podem utilizar ácido retinóico?

Sim, pessoas de todos os tipos de pele podem utilizar ácido retinóico, incluindo pessoas negras. 

No entanto, é importante ter cuidado com o uso excessivo ou inadequado do produto, pois a pele mais pigmentada pode ser mais propensa à irritação e à hiperpigmentação.

Quem não deveria usar esse produto?

Existem algumas situações em que o uso do ácido retinóico não é recomendado. Dentre elas podemos citar:

  • Mulheres grávidas ou que estão amamentando, já que há riscos potenciais para o feto ou o bebê.
  • Pessoas com pele extremamente sensível ou que já tenham reações alérgicas conhecidas ao ácido retinoico 
  • Pessoas que têm ou tiveram eczema, ou outras condições de pele crônicas;
  • Pessoas que são sensíveis à luz solar ou estão com a pele queimada de sol.

Como sempre, é essencial consultar um médico ou dermatologista antes de iniciar qualquer tratamento com ácido retinóico.

pote de creme noturno contra acne da Omens

Trate suas espinhas com um potente Creme Noturno

Iniciar Tratamento Já

Novos ativos que promovem assepsia e hidratação
Eficaz contra a acne, contra o envelhecimento da pele e a hiperpigmentação

Existem riscos em misturar ácido retinoico com outros ingredientes?


Não tente fazer receitas caseiras com o ácido retinóico. Ele pode interagir com outros ingredientes presentes nessas receitas e em produtos para a pele, potencializando ou reduzindo sua eficácia.  

É importante seguir as orientações do dermatologista e principalmente, se você estiver utilizando outros produtos para a acne ou tratamentos dermatológicos, informe seu dermatologista. Assim, você vai evitar interações indesejadas.

Na hora de comprar produtos com ácido retinóico, o que devo observar?


Apesar dos produtos com ácido retinóico não serem tão comuns por aí como aqueles com retinol ou outros retinóides, é sempre importante tomar certos cuidados com o que colocamos na pele. Antes de comprar um produto com esse ingrediente você deve:

  • Certificar-se de adquirir produtos de marcas confiáveis e reconhecidas, preferencialmente indicados por dermatologistas. 
  • Verificar a concentração de ácido retinóico presente no produto, pois diferentes concentrações são adequadas para diferentes tipos de pele e necessidades específicas. 
  • Procurar produtos que tenham uma embalagem opaca e hermeticamente fechada, pois o ácido retinóico é sensível à luz e ao ar.

Finalizando: quanto tempo para fazer efeito?


Alguns indivíduos podem começar a notar uma melhora na acne em algumas semanas, enquanto outros podem levar mais tempo. É importante lembrar que cada organismo reage de forma diferente aos tratamentos, e a resposta ao ácido retinóico pode depender de vários fatores, como a gravidade da acne, a consistência no uso do produto e as características individuais da pele. De forma geral, os efeitos são mais consistentes a partir  de 3 a 4 meses de uso do produto.

Em resumo, o ácido retinóico é um tratamento eficaz para a acne e oferece diversos benefícios para a pele. Seu uso requer orientação médica adequada para determinar o formato, a dosagem e a frequência correta. Com paciência e cuidados adequados, o ácido retinóico pode ser uma ferramenta valiosa no tratamento da acne e na melhoria da saúde e aparência da pele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?